GPA (PCAR3) aprova debêntures de R$ 1,5 bi; AES Brasil (AESB3) anuncia dividendos

Marco Antônio Lopes
Editor. Jornalista desde 1992, trabalhou na revista Playboy, abril.com, revista Homem Vogue, Grandes Guerras, Universo Masculino, jornal Meia Hora (SP e RJ) e no portal R7 (editor em Internacional, Home, Entretenimento, Esportes e Hora 7). Colaborador nas revistas Superinteressante, Nova, Placar e Quatro Rodas. Autor do livro Bruce Lee Definitivo (editora Conrad)
1

Crédito: Divulgação

A GPA (PCAR3) informou que aprovou a 18ª emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações, em até duas séries, com prazo de vencimento entre cinco e sete anos, no montante de R$ 1,5 bilhão.

GPA (PCAR3) reverte prejuízo e lucra R$ 113 milhões no 1TRI21

Atingir um patrimônio de R$ 100 mil é para poucos, saiba quais são as melhores atitudes e aplicações para multiplicá-lo

Segundo a companhia, as debêntures serão destinadas exclusivamente a investidores profissionais. A oferta restrita será apresentada a, no máximo, 75 investidores profissionais. As debêntures poderão ser subscritas por, no máximo, 50 investidores profissionais.

O processo de estruturação da oferta restrita e distribuição das debêntures vai ser conduzido por um consórcio de instituições financeiras integrantes do sistema de distribuição de valores mobiliários.

A oferta estará automaticamente dispensada de registro de distribuição pública na CVM, diz a GPA.

Os recursos da emissão serão utilizados pela companhia para reforço do capital de giro e alongamento do perfil de endividamento.

AES Brasil (AESB3) aprova dividendos intermediários

A AES Brasil (AESB3) comunicou  que foi aprovada a distribuição de dividendos intermediários relativos ao primeiro trimestre de 2021, no montante de R$ 67.992.792,38, que correspondem a  R$ 0,17036252099 por ação ordinária.

Os dividendos são isentos de IRRF (imposto de renda retido na fonte). De acordo com a companhia, o pagamento será realizado em 28 de maio de 2021.

A data base para o direito ao recebimento do dividendo (“record date”) será no dia 10 de maio de 2021 e as ações passarão a ser negociadas “ex-dividendos” a partir de 11 de maio de 2021.

Sabesp (SBSP3) não integrará SPE na concessão da Cedae

A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo, Sabesp (SBSP3) informa que, após analisar os termos finais do leilão da concessão do Bloco 2 da Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro (Cedae), no qual a Iguá Saneamento (IGSN3) sagrou-se vencedora, decidiu não exercer a opção de adquirir uma participação no capital social da Sociedade de Propósito Específico (SPE),que será criada para explorar a concessão.

Emae (EMAE4) anuncia JCP

A Empresa Metropolitana de Águas e Energia, a Emae (EMAE4), anuncia que o Conselho de Administração aprovou a distribuição de R$ 16.771.164,63 a título de Juros Sobre o Capital Próprio (JCP).

O montante será imputado ao total de dividendos obrigatórios a serem aprovado em Assembleia Geral Ordinária da Companhia, referentes ao exercício de 2021.

O valor a ser pago por ação está demonstrado abaixo:

AÇÃO                 JCP: Valor bruto (R$)     JCP: Valor líquido (R$)

Ordinária          0,428149786                  0,363927318

Preferencial      0,470964765                  0,400320050

O pagamento dos JCP será realizado em 30/06/2021 e não haverá, segundo a EMAE, qualquer atualização monetária sobre o montante declarado.

Farão jus aos proventos declarados os acionistas da EMAE em 10/05/2021, inclusive.

As ações da companhia serão consideradas ex-direito a partir de 11/05/2021, inclusive.

 

Planilha de Ativos

Um dos principais exercícios para a compra de uma ação é saber se ela está cara ou barata. Para isso, preparamos um material especial para ajudá-lo nesta análise.