Gol (GOLL4): preço justo por ação da Smiles (SMLS3) está entre R$ 22,07 e R$ 22,37, diz consultoria

Felipe Alves
Jornalista com experiência em reportagem e edição em política, economia, geral e cultura, com passagens pelos principais veículos impressos e online de Santa Catarina: Diário Catarinense, jornal Notícias do Dia (Grupo ND) e Grupo RBS (NSC).
1

Crédito: Reprodução/Gol Linhas Aéreas

A Gol (GOLL4) publicou nesta terça-feira o laudo de avaliação realizado por uma consultoria em relação ao preço das ações da Smiles (SMLS3). A conclusão é de que o preço justo está entre R$ 22,07 e R$ 22,37.

Segundo a Apis Consultoria, as demonstrações financeiras mais recentes de Smiles disponíveis na data de elaboração dos estudos, o capital social subscrito e integralizado da companhia corresponde a 124.158.953 ações ordinárias. Desse total, 65.316.525 ações são detidas  pela Gol. O restante está em free float, não havendo ações em tesouraria.

Simule seus investimentos com um especialista e confira as melhores opções de acordo com seu perfil

Assim, considerando a totalidade de ações da Smiles, estima-se que o valor de mercado da empresa está entre R$ 2.740.071 e R$ 2.777.788.

Camil (CAML3) encerra programa de recompra de ações

A Camil (CAML3) anunciou o fim do programa de recompra de ações da empresa.

Nesta terça-feira foi concluído o programa de recompra de ações de emissão da companhia aprovado pelo Conselho de Administração em 27 de agosto de 2020.

Foram adquiridas 4.000.000 de ações ordinárias, parcialmente utilizadas para atendimento das outorgas realizadas no âmbito do plano de opção de compra de ações da companhia, com 3.986.500 ações remanescentes mantidas em tesouraria para atendimento de outorgas, cancelamento, permanência em tesouraria ou alienação.

Allied informa plano de outorga de opção de compra de ações

A Allied informou a publicação de um plano de outorga de opção de compra de ações.

O plano tem por objetivo conceder aos participantes o direito de se tornarem acionistas da companhia. Este direito poderá estar sujeito a determinadas condições a serem impostas pela companhia e visa a: estimular a expansão, o êxito e a consecução do objeto social da companhia e suas controladas; e alinhar os interesses dos acionistas da companhia ao dos participantes.

O Conselho de Administração ainda deverá estabelecer para cada um dos programas o número de opções, os prazos e condições e o preço.

Cada opção dará direito ao participante de adquirir uma ação. As opções que poderão ser outorgadas no âmbito do plano deverão conferir direitos sobre um número de ações que não exceda 5% da quantidade total de ações representativas do capital social total da companhia.

Raízen aprova alienação de participação acionária no Centro de Tecnologia Canavieira

A Raízen aprovou a alienação de participação acionária da companhia de até 15% no CTC (Centro de Tecnologia Canavieira S.A).

A quantidade de ações inicialmente ofertada poderá ser acrescida em até 10%, nas mesmas condições e no mesmo preço das ações inicialmente ofertadas. A quantidade de ações inicialmente ofertada poderá ser acrescida de um lote suplementar correspondente a até 15% do total das ações inicialmente ofertadas.

Positivo (POSI3) informa alteração acionária

A Positivo (POSI3) informou alteração acionária nesta terça-feira (09).

A empresa recebeu comunicado do diretor-presidente e também signatário do acordo de acionistas arquivado na companhia, Helio Bruck Rotenberg, atingiu participação superior a  10% do capital social total e votante da companhia.

O aumento não envolve mudança no controle acionário e mudança na estrutura administrativa da companhia.

Cases da Bolsa

Aprenda análise fundamentalista de ações na prática, com maiores cases já criados na B3