Gol (GOLL4): demanda aumenta 294% em abril, mas cai no acumulado anual

Felipe Alves
Jornalista com experiência em reportagem e edição em política, economia, geral e cultura, com passagens pelos principais veículos impressos e online de Santa Catarina: Diário Catarinense, jornal Notícias do Dia (Grupo ND) e Grupo RBS (NSC).
1

Crédito: Divulgação

A Gol (GOLL4) registrou uma demanda de voos domésticos (RPK) 294% maior em abril de 2021 no comparativo com o mesmo mês de 2020.

Já a oferta de voos, medida pelo indicador assento por quilômetro oferecido (ASK), cresceu 279,8% no período.

Simule seus investimentos com um especialista e confira as melhores opções de acordo com seu perfil

Em abril a Gol transportou 661 mil passageiros, aumento de 362,9% sobre abril de 2020 (143 mil passageiros).

A taxa de ocupação doméstica da Gol em abril foi de 82,8%. Ou seja, aumento de 2,9 p.p em relação a abril de 2020.

Em abril a Gol não realizou voos internacionais durante o mês.

Os números de tráfego são prévios.

Dados negativos no acumulado de 2021 da Gol

Por outro lado, no acumulado dos quatro meses de 2021 em comparação com o mesmo período de 2020, os dados da Gol são negativos.

A demanda de voos domésticos (RPK) no 4M21 foi 28,4% menor do que os 4M20.

Já a oferta de voos (ASK) no 4M21 caiu 27,7% em relação aos 4M20.

No comparativo até abril de 2021 com abril de 2020 a Gol teve queda de 35,5% no total de passageiros transportados (7,995 mil x 5,156 mil).

O total de decolagens também caiu no acumulado dos quatro meses de 2021: queda de 37,2% em relação ao mesmo período de 2020.

Cases da Bolsa

Aprenda análise fundamentalista de ações na prática, com maiores cases já criados na B3

Gol

Wilson Sons (WSON33) tem alta de 24% no volume de contêineres

A Wilson Sons (WSON33) teve alta de 24% no volume de contêineres em seus terminais portuários no mês de abril de 2021 ante o mesmo período de 2020, mostra documento enviado ao mercado nesta sexta-feira (7).

A maior alta foi registrada no terminal de Salvador, com elevação de 38,1%. Já o terminal de Rio Grande viu o seu volume aumentar 17,2%.

No acumulado de 2021 em comparativo com o mesmo período de 2020 a alta foi de 10%.