Gás natural: ANP quer ampliar capacidade de gasoduto Gasbol

Marcello Sigwalt
null
1

Crédito: Reprodução/ Petrobras

Demanda crescente do mercado e abertura gradual das atividades econômicas não essenciais pelos estados levaram a Agência Nacional do Petróleo (ANP) a aprovar, nessa quarta-feira (8), chamada pública para ampliação da capacidade do Gasoduto Brasil-Bolívia (Gasbol).

A iniciativa – cujo despacho foi publicado nessa quinta-feira (9), no Diário Oficial da União (DOU) – decorre da avaliação da autarquia, que considera “oportuno” o reinício da chamada pública, diante da necessidade de recuperação da economia.

Adiamento sem data

A princípio, esse processo havia sido adiado, em 27 de março passado, sem data de retorno, devido a pandemia.

Dificuldade de participação

Outro motivo do adiamento seria a dificuldade, devido ao tempo exíguo, de participação dos agentes econômicos nas chamadas públicas, em razão da crise viral.

Tais chamadas visavam a celebração de contratos de fornecimento de gás natural.

A partir da próxima sexta-feira (10), o portal da ANP publica o cronograma relativo à chamada pública do Gasbol.