Galapagos Capital fecha aquisição da Ativa Wealth Management

Victória Anhesini
Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie
1

A companhia de investimentos Galapagos Capital anunciou nesta quarta-feira (7) a aquisição da Ativa Wealth Management (AWM), braço de gestão de recursos para clientes de alta renda da Ativa Investimentos.

Com a transação, será criada a Galapagos Wealth Management, que absorverá a equipe da AWM e sua carteira de clientes. 

Fundada em 2012, a AWM é comandada por Arnaldo Curvello e Luís Barone, gestores com mais de vinte anos de experiência no mercado financeiro.

Confira principais Ações para investir em Outubro

A empresa se destacou pelo desempenho de suas carteiras e crescimento contínuo da base de clientes. 

Com presença em sete estados, ao fim do segundo trimestre de 2020, a AWM tinha cerca de 3.000 clientes espalhados pelo Brasil, com um patrimônio sob gestão superior a R$ 2 bilhões. Curvello e Barone passam a liderar a Galapagos Wealth Managent e se tornam sócios da Galapagos. 

Ainda mais, a associação une o track record e a consistência da AWM ao DNA inovador da Galapagos. Fundada em 2019 por executivos com ampla experiência no mercado financeiro, a Galapagos transforma o panorama de investimentos no Brasil.

Além disso, atua no segmento de Alternative Assets proporcionando a seus clientes retornos atraentes e descorrelacionados. A companhia possui quatro fundos estruturados e cinco fundos líquidos. Também acaba de lançar, em parceria com a Icatu, um fundo de previdência com estratégia de alocação global.

União das empresas

Os clientes da AWM continuam a ser atendidos pelos mesmos profissionais, agora recebendo todos os serviços oferecidos pela Galapagos. Além disso, para preservar a independência de cada negócio, as estruturas serão mantidas separadas.

“Fico entusiasmado com a nossa associação ao Curvello, ao Barone e a toda equipe da AWM”, diz Carlos Fonseca, sócio-fundador da Galapagos Capital.

“A qualidade da prestação de serviços financeiros a clientes de alta renda vai avançar muito no Brasil, e a Galapagos quer ser protagonista dessa transformação.” 

Por fim, os clientes não sofrerão impactos em suas contas e investimentos e o acesso à plataforma será mantido. A Ativa Investimentos segue como parceira para operacionalizar, custodiar e liquidar as operações dos clientes da Galapagos WM.

“Ao longo dos últimos anos, construímos uma trajetória da qual nos orgulhamos muito. Atraímos milhares de clientes com consistência nos retornos e excelência no atendimento. O atual cenário de juros baixos reforça a importância do nosso modelo de negócio”, diz Arnaldo Curvello, sócio-fundador da AWM.

Para Luís Barone, também sócio-fundador da AWM, essa união de forças é um importante passo em direção ao futuro da gestão de recursos para a alta renda.

“Vamos oferecer aos nossos clientes serviços ainda mais inovadores e uma plataforma global. Nossa atuação vai além da gestão de patrimônio. A confiança dos nossos clientes é um ativo intangível que nos permitirá crescer ainda mais”, destaca.