Futuros de NY e Ásia abrem em alta mesmo à espera de acordo nos EUA

Rodrigo Petry
Editor-chefe, com 18 anos de atuação em veículos, como Estadão/Broadcast, InfoMoney, Capital Aberto e DCI; e na área de comunicação corporativa, consultoria e setor público; e-mail: rodrigo.petry@euqueroinvestir.com.
1

Foto: https://scottpeters.house.gov/

Em meio à montanha-russa, os mercados abriram a noite de segunda-feira (23) em forte alta, mesmo com o Senado sem avançar na votação do pacote de recursos para o combate da pandemia do Covid-19.

Às 23h45, os futuros de Nova York apontavam para alta:

  • S&P, +3,49%,
  • Nasdaq, + 3,31%,
  • Dow Jones, + 3,38%.

Na Ásia, os principais mercados também operavam em alta:

  • Nikkei, do Japão, +6,93%;
  • Shanghai, da China, +1,86%;
  • HSI, Hong Kong, +4,17%;
  • ASX, Austrália, +3,58%;
  • Kospi, Coreia, +5,94%.

Da mesma forma, o petróleo subia:

  • WTI, +5,69, a US$ 24,71;
  • Brent, +4,77%, a US$ 28,32.

Dessa forma, os mercados se recuperam das perdas registradas no pregão desta segunda-feira (23).

O Dow Jones fechou em baixa de 3,12%, o S&P-500 teve queda de 2,96%, enquanto o Nasdaq perdeu 0,27%.

Já o preço para abril do barril americano WTI avançou 3,23%, a US$ 23,36, e o Brent teve alta de 0,19%, a US$ 27,03.

Acordo

Os mercados aguardam para esta terça-feira (23) avanços nas negociações entre Republicanos e Democratas em relação ao massivo pacote de estímulos econômico.

Segundo a CNBC, um eventual atraso na aprovação pode dificultar a assinatura de um projeto de lei ainda nesta semana.

Mais do que a maioria simples, o governo precisa de três quintos da casa para a aprovação do texto.

Conforme a proposta, devem ser destinados cerca de US$ 1 trilhão para amenizar os impactos da pandemia do coronavírus.

Coronavírus

A valorização acontece mesmo após o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, admitir na noite desta segunda-feira (23) que a epidemia do coronavírus é grave no seu país.

“É ruim, muito ruim e vai piorar. Nossa missão é fazer com que não piore tanto”, afirmou Trump, em resposta a um repórter que lhe perguntou se sabia que o Covid-19 está se alastrando pelos EUA.

Covid no mundo em 30 dias

trump-covid-2-2303

Fonte: TradingView

Ações

Dessa forma, após passar por um período de prosperidade e valorização, as bolsas americanas devolvem todos os seus ganhos conquistados durante o governo Trump.

Reportagem da CNN Business, destaca que o S&P 500 caiu abaixo de 2.264 pontos na segunda-feira, recuando ao nível de 19 de janeiro de 2017, véspera da pose de Trump.

S&P no governo Trump

sp-cnn-min

Fonte: Reprodução CNN Business

Já o Dow Jones havia eliminado seus ganhos da era Trump na semana passada.

Nesta segunda recuou brevemente novamente ao seu menor fechamento desde o dia da eleição, mas teve leve recuperação antes do fechamento, diz a CNN.

Dow devolveu ganhos semana passada

dow

Fonte: Reprodução CNN Business


Aproveite as oportunidades e aumente a rentabilidade dos seus investimentos.

Preencha seus dados abaixo e conte com especialistas para ajudar.

Se preferir, ligue direto para 4007-2374