Fundos têm resgates de R$ 63 bi em outubro, com destaque para a renda fixa

Felipe Alves
Jornalista com experiência em reportagem e edição em política, economia, geral e cultura, com passagens pelos principais veículos impressos e online de Santa Catarina: Diário Catarinense, jornal Notícias do Dia (Grupo ND) e Grupo RBS (NSC).
1

Crédito: Reprodução / Infomoney

Os fundos tiveram resgates líquidos de R$ 63 bilhões no mês de outubro. De acordo com boletim divulgado nesta terça-feira (10) pela Anbima (Associação Brasileiras das Entidades dos Mercados Financeiros e de Capitais) a maior redução foi na renda fixa.

A classe de renda fixa concentrou 81% das saídas líquidas. Ou seja, R$ 50,87 bilhões do total.

Essa foi a maior saída desde abril, quando houve queda de R$ 80,5 bilhões, decorrente dos impactos iniciais da pandemia.

BDRs| Aprenda mais sobre essa classe de Ativos

Segundo o boletim, os fundos mais conservadores sofreram o maior impacto.

Os tipos duração baixa grau de investimento que aplica pelo menos 80% da carteira em títulos públicos ou ativos de baixo risco de crédito) e o duração baixa soberano (100% da carteira em títulos públicos) tiveram resgates de R$ 19,2 bilhões e R$ 17,1 bilhões, respectivamente.

No ano, a captação caiu para R$ 134,84 bilhões, valor abaixo do desempenho do mesmo período do ano passado (R$ 250,4 bilhões).

Consulte os melhores diálogos e insights da Money Week.

Segundo a Anbima, esse movimento pode estar associado às incertezas no curto prazo, como o quadro fiscal e a volatilidade no mercado de ações somados ao aumento recente da inflação corrente em outubro, o que afetou a performance da carteira de títulos públicos prefixada.

Veja mais: mercado reage e capta R$ 35,3 bilhões em outubro.

Captação dos fundos em outubro de 2020

 

 

 

 

 

 

 

 

Saídas maiores que setembro

Segundo vice-presidente da Anbima, Carlos André, em outubro todas as classes de fundos tiveram captação líquida menor do que o mês anterior.

“O movimento está associado a alguns fatores, como as incertezas no curto prazo por conta do quadro fiscal, a alta da inflação, que impactou os títulos públicos prefixados, e as dúvidas, até então, com relação às eleições norte-americanas”, diz ele.

No caso dos fundos de ações, por exemplo, houve a menor captação líquida desde janeiro de 2019. Assim, as entradas foram de R$ 20,7 milhões – uma queda de 99,5% na comparação com setembro.

Já os fundos multimercados levantaram R$ 4,9 bilhões de recursos contra R$ 7,1 bilhões no mês anterior.

Os fundos de previdência tiveram saídas líquidas de R$ 2,9 bilhões. Em setembro, o resultado era positivo com R$ 2,4 bilhões de captação líquida.

Rentabilidades dos fundos em outubro

Mas apesar das retiradas em outubro, todos os tipos de fundos de renda fixa tiveram retornos positivos. A variação foi de 0,05% a 2,66%. Segundo a Anbima, a maior parte deles teve rentabilidade superior ao mês de setembro.

Porém, houve exceções. Foi o caso dos investimento no exterior (aplicam mais de 40% em ativos financeiros lá fora), dívida externa (investem 80% em títulos da dívida externa) e duração baixa crédito livre (têm mais de 20% da carteira em títulos de médio e alto risco de crédito).

Todos os tipos de fundos de ações refletiram a queda de 0,7% do Ibovespa em outubro. Entre os multimercados, o destaque ficou com os balanceados (buscam retorno com a compra de diversas classes de ativos), que fecharam o mês com rentabilidade de 0,54%.

Aumento do número de contas

Segundo a Anbima, o número de contas de fundos cresce gradativamente.

Em setembro, chegou a 24,9 bilhões, um aumento de 31% na comparação com o mesmo período de 2019.

Os ETFs (Exchange Traded Funds) lideram a alta com variação de 182% de um ano para outro.

A quantidade de fundos no mercado também seguiu essa evolução: subiu 16% entre setembro de 2019 e setembro de 2020.

Por fim, os fundos de ações e de previdência se destacam, com aumento de 27% e 26%, respectivamente.

 

Money Week vem aí, de 23 a 27 de novembro. Inscreva-se

 

Teste de impairment: para que serve e qual a sua importância?

 

Se você quer investir no mercado de renda variável preencha o formulário abaixo que um assessor da EQI Investimentos vai entrar em contato.