Fundos: investimentos no exterior atingem o maior volume alocado em julho 2021

Felipe Alves
Jornalista com experiência em reportagem e edição em política, economia, geral e cultura, com passagens pelos principais veículos impressos e online de Santa Catarina: Diário Catarinense, jornal Notícias do Dia (Grupo ND) e Grupo RBS (NSC).
1

Foto: Fundos de investimento são opção para diversificar carteira

O volume financeiro alocado pelos fundos em investimentos no exterior no mês de julho de 2021 é de R$ 316,3 bilhões, valor 29,2% superior ao do mês de dezembro de 2020 e 37,9% superior ao de julho de 2020. Os dados foram divulgados pela Economatica.

O cálculo considera 100% das posições em investimento no exterior em todas as datas, já que os fundos publicam este valor mensalmente na CVM.

Simule seus investimentos com um especialista e confira as melhores opções de acordo com seu perfil

Com 5,24% do AUM (Assets Under Management) da indústria, a alocação em investimentos no exterior no mês de julho de 2021 atinge o maior valor percentual histórico. Os investimentos no exterior ultrapassaram os 5% do AUM da indústria no mês de fevereiro de 2021 e desde essa data se mantém no mesmo patamar.

Cases da Bolsa

Aprenda análise fundamentalista de ações na prática, com maiores cases já criados na B3

Fundos de investimentos Economatica

Alocação por classe de fundo

Os fundos multimercados concentram o maior volume alocado em investimentos no exterior com R$ 236,9 bilhões em julho de 2021, contra R$ 70,0 bilhões dos fundos de ações e R$ 9,2 bilhões dos fundos de renda fixa.

As três categorias atingem o maior valor de alocação no mês de julho de 2021.

Com relação ao mês de dezembro de 2021, o volume em multimercados tem 28,3% de crescimento contra 26,5% dos fundos de ações e 113,5% dos fundos de renda fixa.

Em 12 meses os fundos multimercados tem crescimento de 26,1% contra 80,4% dos fundos de ações e 241,3% dos fundos de renda fixa, diz a Economatica.

Fundos de investimentos Economatica

Gestores com maior alocação em investimentos no exterior

A Economatica compilou os 30 gestores com maior alocação em investimentos no exterior no mês de julho de 2021 – lembrando que todos os gestores são obrigados a informar a sua posição macro, já a posição detalhada pode ficar escondida.

A BW Gestão de Investimentos Ltda. é a gestora com maior posição com R$ 38,4 bilhões, seguida pelo Itau Unibanco S.A. com 31,7 bilhões, Banco Santander Brasil com R$ 28,0 bilhões, BB Gestão de Recursos com R$ 15,9 bilhões e XP Allocation Asset com R$ 11,5 bilhões.

Os trinta gestores com maior alocação em julho de 2021 concentram 78,3% do total alocado pela indústria, com 365 gestoras adquirindo ativos fora do país.

Em agosto de 2018 havia 292 gestoras adquirindo ativos fora do país contra 365 gestoras no mês de julho de 2021, o que representa crescimento de 73 gestoras. Já o volume alocado em agosto de 2018 era de R$ 124,3 bilhões contra R$ 316,2 bilhões, o que representa crescimento de 154,3%.