Fundo imobiliário de papel: alternativa à renda fixa

Paulo Filipe de Souza
Colaborador do Torcedores

Os fundos imobiliários são uma opção para investidores que procuram aplicação a longo prazo como imóveis. Mas há uma outra opção de investimento no setor, os fundos imobiliários de papel.

Esses investimentos são especializados em papéis e títulos do mercado imobiliário. Ou seja, são fundos que não fazem a compra de imóveis para lucrarem com o aluguel. Esses investimentos buscam lucrar com o pagamento de juros em investimentos dos papéis imobiliários.

Fundos imobiliários

Os fundos imobiliários são o conjunto de vários investidores que aplicam dinheiro na construção ou compra de um imóvel para aluguel.

O lucro de um FII pode vir de duas formas:
Aluguel: Quando o fundo compra um imóvel e faz um aluguel para terceiros. Muitos imóveis cooperativos para escritórios, shopping e condomínios empresariais pertencem a Fundos Imobiliários
Venda de cotas: Cada investidor recebe um número de cotas conforme o valor do investimento. Assim, quando há valorização do imóvel há também no valor das cotas

Fundos de Papel

Diferente dos Fundos Imobiliários que lucram com o aluguel dos imóveis, os Fundos de Papel lucram com o juros.

Os papéis investidos pelos fundos costumam ser de renda fixa. Esses papéis, são, geralmente, de 3 tipos:

Certificados de Recebíveis Imobiliários ( CRI): são títulos emitidos por seguradoras para emprestarem dinheiro para empresas que atuam no setor imobiliário.
Letras de Crédito Imobiliário (LCI): título de renda fixa negociado por instituições financeiras, o dinheiro emprestado para bancos é usado para concessão de crédito para financiamentos, construção ou reformas de imóveis
Letras Hipotecárias (LH): são títulos emitidos por instituições financeiras para captarem dinheiro de investidores e concederem crédito imobiliário.

Já conhece o Eu Quero Investir no Instagram?

Por isso, os fundos imobiliários de papel conseguem proporcionar aos investidores uma maior diversificação. Por exemplo, um fundo imobiliário que investe na compra de imóveis precisa ter um capital maior para diversificar seus investimentos.

O fundo de papel consegue direcionar o capital do FII em diversos papéis que estejam disponíveis no mercado. Essa diversificação garante uma maior segurança para o fundo.

Mas, há também um lado negativo deste tipo de investimento. Por terem, majoritariamente, investido em renda fixa, o fundo não tem alteração do seu patrimônio. Isso acontece porque, no caso da renda fixa, é necessário fazer a divisão de pelo menos 95% da rentabilidade do mês.

Investindo em fundo de papel

Muitos investidores são atraídos a fundo de papel pela segurança que o investimento proporciona. Quando se investe em imóveis físicos há uma série de riscos. Os fundos de papel são uma alternativa dos investimentos tradicionais em renda fixa.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Como nos fundos de papel o trabalho é somente com títulos, não existem uma série de preocupações que um investidor tem com um imóvel físico. Ou seja, não há problemas com desvalorização do imóvel, reformas ou problemas na estrutura.

Outro ponto importante, é que os fundos de papel não precisam se preocupar com a vacância do imóvel . Isto é, a falta de locadores.

Os fundos imobiliários de papel têm suas vantagens e desvantagens como qualquer outro investimento. Há segurança e diversificação, mas também dificuldade de crescimento do patrimônio do fundo.

 

LEIA MAIS

Money Week: conheça o maior evento online de investimentos do Brasil

Dados econômicos fracos e tensão nas negociações comerciais derrubam bolsas

Se considera um investidor conservador? Então você está em risco de extinção!

O cenário econômico virou do avesso e o país já não é mais o mesmo.

As taxas de juros caíram à níveis jamais vistos no Brasil desde o final do governo Militar (imagem abaixo) e levaram os rendimentos de Renda Fixa para próximo de Zero (ou negativos no caso da poupança).

Italian Trulli

A nova equipe econômica está incentivando novos investimentos no país, e com isso já não é mais possível ganhar dinheiro confortavelmente na poupança e em CDBs comuns. Por isso, estamos declarando a Extinção do Investidor Conservador.

Se você faz parte dessa espécie de investidor que está em risco de extinção, confirme seus dados no formulário abaixo e fale com nossa equipe. Vamos te ajudar, sem dor e sem custo.