Fundo de Ações e de Participações

Conheça mais sobre os Fundos ETFs da XP Investimentos

Juliano Custodio
null
fundo de ações

Foto: Gráfico e caneta

Fundos, Mercado, FIP, FIA.

Fundo XPTD11

Provavelmente um dos únicos defeitos das ETFs no Brasil é que elas não pagam dividendos.

Ao invés disso, elas reinvestem nelas mesmas, em outras palavras, o investidor não recebe nenhum centavo de eventuais distribuições das ações que compõem o fundo.

A XP investimentos montou em 2014 um fundo negociado em bolsa de valores chamado XPTD11.

Além de possuir certa diversidade de ações, tem administração focada em investimentos em empresas que pagam bons dividendos e todo mês realiza distribuições aos seus cotistas.

Todo mês, os cotistas do fundo recebem algum rendimento.
Ao contrario dos fundos imobiliários que possuem distribuições consistentes todos os meses o fundo em ações paga dividendos conforme o fluxo de caixa.

Eventualmente, um mês que não tiver bons valores poderá ser compensando por meses em que entraram boas quantias nas contas dos cotistas.

Além disso, podemos contar com a equipe da corretora trabalhando e analisando as melhores empresas para que os investidores tenham uma boa carteira e recebam regularmente bons dividendos.

Carteira do Fundo XPTD11

Imagem retirada do site da BM&F Ibovespa contendo a carteira do fundo até o dia de 11.05.2016.

Até a presenta data, o fundo vem acumulando um rendimento positivo superior a 15 milhões, ou o equivalente a 16% do valor total da carteira de ações.

Provavelmente beneficiado pelo rali do impeachment, o fundo juntamente com o a bolsa de maneira geral conseguiu obter um aumento em suas cotações.

Mas mesmo com a valorização ainda existe um desconto com relação ao valor patrimonial.

O valor patrimonial da cota é de aproximadamente R$ 104,00 enquanto o valor de mercado da mesma gira em torno dos R$ 94,00

Com um desconto de R$ 10,00 ou um pouco mais de 10% do valor patrimonial, existe uma boa chance de se beneficiar dessa diferença.

Outra característica interessante do fundo esta ligada à liquidez.
Apesar de haver menos de cinco fundos de ações listadas na bolsa, o XPTD possui uma boa liquidez.

São negociadas em média, diariamente, em torno de duas mil cotas, comparando com os fundos imobiliários podemos dizer que o fundo não fica atrás.


Variação das cotas do Fundo XPTD112

Gráfico com a cotação do fundo iniciado em 2014.
O mesmo saiu do valor de R$ 80,00 caindo até o inicio de 2015, ficando abaixo dos R$ 70,00.

Teve uma alta e novamente uma queda, mas dessa vez chegando aos R$ 60,00, depois houve uma grande alta ficando acima dos R$ 90,00.

Parte dessa alta expressiva que acompanhamos desde o final de 2015 e até junho de 2016, deveu-se ao processo de impeachment e à esperança de uma retomada econômica.

Fundo XPOM11

Outra modalidade de fundo de investimento, o FIP (Fundo de Investimento em Participação), funciona de maneira bem simples, o fundo em questão adquire parte do negócio.

O XPOM11, fundo gerido pela XP investimentos adquiriu participação em duas geradoras de energia, uma eólica e outra hídrica.

Por meio dessa participação o fundo remunera semestralmente seus cotistas com os rendimentos auferidos da geração de energia.

No mercado existem outros fundos de participação porém sem liquidez, já o XPOM11 possui certa liquidez, o suficiente para ter movimentações diárias.

As distribuições são bem interessantes uma vez que entregam rendimentos parecidos com dos fundos imobiliários, porém ao invés de alugar um imóvel, o fundo tem participação no negócio.


Geração de Energia Asteri

Quadro com a expectativa de produção das duas geradoras de energia e o cenário real.

Com a geração bem inferior ao esperado para o mês, porém, comparado com o mesmo período do ano anterior, houve um aumento próximo dos 15%.

Outro dado interessante está relacionado ao valor patrimonial da cota.

Atualmente o fundo vem sendo negociado na bolsa de valores próximo dos R$ 80,00 enquanto o valor patrimonial do mesmo está em R$ 97,00.

Um ótimo desconto oferecendo uma boa oportunidade de investir em um excelente negócio.

Por ser a única FIP com certa movimentação relevante na bolsa de valores, a liquidez da XPOM11 é compatível com dos fundos imobiliários.

Tem em torno de 20 negócios por dia, movimentando alguns milhares de reais.
Algo suficiente para gerar liquidez para os pequenos e médios investidores.

A taxa de rendimento do ativo é muito atraente chegando a ter uma perspectiva de pagamento maior que muitas debêntures patrocinadas (isentas de IR).


Análise das cotas do Fundo XPOM112

Na imagem retirada do relatório do fundo, podemos ver o valor patrimonial da cota que está bem descontada comparando ao valor de mercado.

Atualmente o fundo é negociado próximo dos R$ 86,00, gerando um desconto de aproximadamente R$ 10,00 ou 10%.
Outra informação interessante está relacionada aos dividendos acumulados.

O fundo possuía até o mês de março/2016 R$ 30,75 (por cota) de caixa para distribuir.

No final, existe uma soma entre o valor patrimonial e o caixa dando as dimensões “reais” do investimento.

Com certeza tendo a posse de tais dados, o ativo se torna no mínimo interessante para se investir.


Variação do preço das cotas do Fundo XPOM113

A evolução do gráfico com inicio em meados de 2013 teve picos de queda alcançando a casa dos R$ 60,00 e chegando em uma valorização próxima dos R$ 90,00.

Durante esses três anos do gráfico, houve uma boa volatilidade mas no momento estamos surfando em uma boa valorização.

Avaliar esse tipo de investimento é um pouco complicado uma vez que ele, de certa forma é bem novo no mercado e não possui outros tipos de fundos da mesma espécie, com liquidez similar ao XPOM11 para comparar.

Observando somente os dados das duas empresas de energia, a geração ainda não está alcançando as expectativas, porém comparados com anos anteriores, está produzindo cada vez mais energia.

Este Investimento e o seu Perfil de investidor

Antes de investir em Fundos de Investimentos vale entender mais sobre o seu perfil de investidor e se ele comporta este tipo de investimento. Para fazer o teste de perfil, clique aqui: Teste de Perfil

Quando e onde investir

O primeiro passo sempre será conhecer seus limites, sua tolerância a risco. Não entender seus próprios limites pode levá-lo a tomar as piores decisões com seus investimentos.

Por este motivo, sugerimos que todo investidor - experiente ou iniciante - conheça seu perfil. Se busca obter ganhos mais altos aceitando certa volatilidade ou se prefere maior segurança com retornos garantidos.

Entender mais profundamente o seu perfil como investidor e seus objetivos quanto a prazos de investimentos é uma tarefa um pouco mais sofisticada que um teste feito em qualquer ferramenta na internet, exige uma análise mais criteriosa e dedicada para cada pessoa.

os perfis de investidores

Para ter uma visão precisa do perfil é preciso considerar histórico como investidor, fatores pessoais e até profissionais que um teste da internet não considera.

Esta é a função do Assessor de Investimentos

Entender o investidor em uma profundidade maior que um teste de perfil na internet. É a nossa função como uma empresa especializada em educação financeira.

O primeiro passo é fazer uma conversa de 5 a 10 minutos com um membro da nossa equipe para levantar as primeiras informações e então agendar a conversa com um Assessor de Investimentos. É ele quem vai se aprofundar no seu histórico como investidor, seu momento de vida, seus planos futuros e então te indicar para produtos recomendados para seu perfil de investidor.

Confirme seus dados no formulário abaixo e nossa equipe vai entrar em contato com você para fazer a avaliação de seu perfil e avaliar o alinhamento com seus atuais investimentos.