Fras-le (FRAS3) tem lucro 247% maior no 3TRI20

Felipe Alves
Jornalista com experiência em reportagem e edição em política, economia, geral e cultura, com passagens pelos principais veículos impressos e online de Santa Catarina: Diário Catarinense, jornal Notícias do Dia (Grupo ND) e Grupo RBS (NSC).
1

Crédito: Divulgação Fras-le

O lucro líquido da Fras-le (FRAS3) aumentou 247,7% no terceiro trimestre de 2020 em relação ao mesmo período de 2019.

A empresa registrou R$ R$ 41,7 milhões de lucro no 3T20 ante R$ 12 milhões no mesmo período de 2019.

No acumulado dos nove meses do ano, o lucro chegou a R$ 53,6 milhões. Ou seja, aumento de 43,1% em relação aos R$ 37,5 milhões até setembro de 2019.

BDRs| Aprenda mais sobre essa classe de Ativos

Segundo a empresa, as adequações iniciadas ainda em 2018 pavimentaram o terreno para que, mesmo com os desafios da Covid-19, a empresa atingisse resultados consistentes. Para a Fras-le, o balanço do 3TRI20 apresentou “evolução em seus indicadores de receitas e rentabilidade”.

“No trimestre em análise, houve um compasso positivo entre as unidades no Brasil e no mundo marcando evolução ou manutenção dos negócios”, diz a mensagem da administração.

Ebitda cresce 113%

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebtida, na sigla em inglês) ajustado somou R$ 92,6 milhões no terceiro trimestre de 2020. Ou seja, aumento de 113,9% em relação aos R$ 43,3 milhões do mesmo período do ano passado.

Já a margem Ebitda ajustada da Fras-le foi de 20,4%. Assim, o indicador aumentou 7,4 p.p. em relação aos 13% do terceiro trimestre de 2019.

O Ebitda acumulado de 2020 é de R$ 169 milhões, aumento de 36%.

Fras-le tem receitas maiores

A receita líquida da Fras-le foi de R$ 453,6 milhões, valor 36,2% maior que o mesmo período do ano passado.

No acumulado do ano, a receita líquida soma R$ 1,07 bilhão, alta de 8,1%.

As receitas do mercado interno foram impulsionadas pela retomada do mercado de arfermarket na linha leve, com crescimento de 40,4% quando comparado ao 3T19.

Ajustando os resultados sem Nakata (empresa adquirida em setembro) o crescimento do 3T20 com relação ao 3T19 ainda seria positivo, com resultado de 11,6% superior.

No mercado externo, com a abertura gradual das fronteiras, a recomposição de estoques dos clientes e a taxa de câmbio foram fatores que influenciaram positivamente o resultado do trimestre, diz a Fras-le.

Despesas e investimentos

O grupo de despesas e receitas operacionais da Fras-le apresentou um incremento de 0.8 p.p. no 3T20 quando comparado com o mesmo período do ano anterior.

“Vale destacar que a redução nas despesas com vendas, como viagens de negócios e a redução ou suspensão de jornada e salários ainda estiveram presentes em algumas operações neste trimestre. Além disso, tivemos ganho em processos judiciais que totalizaram R$ 1,5 milhões”, ressalta a empresa.

No 3T20 os investimentos em Capex somaram R$ 11,1 milhões. O principal investimento foi de R$ 2,3 milhões na unidade da Fras-le em Caxias do Sul.

Desafios da Fras-le pela frente

No mercado de autopeças, apesar de ainda ter sofrido com restrições de circulação, o 3T20 apresentou uma forte retomada da reposição na linha leve, movimento justificado pela priorização de transporte individual ao invés de transporte coletivo, e também preferência por viagens curtas de carro particular ao invés de utilizar transporte aéreo, por exemplo, diz a Fras-le.

Assim, estes fatores impulsionaram as vendas da Fras-le tanto no Brasil quanto no exterior. “Além disso é importante destacar que o mercado estava desabastecido, e alguns distribuidores estão recompondo seus estoques a níveis normais”, diz a empresa.

Segundo a Fras-le, os cenários ocasionados pela Covid-19 e seus efeitos trazem desafios para os próximos períodos. Entre eles estão a pressão da inflação que vem sendo observada em indicadores como IGP-M, a dificuldade para a aquisição de algumas matérias-primas e componentes, além do fator cambial mais aparente com a chegada da Nakata, que opera com um variado sourcing global.

Por fim, a empresa diz que a aquisição da Nakata, que passou a figurar integralmente nos indicadores da Fras-le a partir de setembro de 2020, acrescentou mais qualidade ao negócio da Fras-le, ampliando o portfólio e agregando os sistemas de suspensão e direção.

Resultados Fras-le 3TRI20