França vive pior crise econômica em décadas por causa do coronavírus

Rebeca Torres
null

Crédito: Reprodução / Wikimedia Commons

A França enfrenta a pior crise econômica já registrada em décadas por causa do coronavírus – mesmo com a tentativa do governo de limitar os danos causados pela epidemia, que já causou grande impacto em suas atividades, de acordo com reportagem feita pela Agência AFP.

”O pior desempenho para a França desde 1945 foi o de 2009, depois da crise financeira de 2008 (…). Provavelmente estaremos para além disso neste ano”, disse na última segunda-feira (6) o ministro francês da Economia, Bruno Le Maire.

Isso porque, em 2009, a França viu uma redução em seu PIB, que registrou um crescimento de 2,9%.

”Isso mostra a magnitude do impacto econômico que enfrentamos”, ressaltou Le Maire, durante uma reunião da Comissão de Relações Econômicas do Senado, que foi realizada através de uma videoconferência.

Assim, com o objetivo de combater a pandemia do coronavírus, a França decidiu pelo confinamento de sua população e proibiu o funcionamento de uma série de atividades consideradas não essenciais.

Como resultado, atualmente a atividade econômica do país se encontra a apenas dois terços do seu nível de costume para essa época do ano, segundo estimativas do Instituto Francês de Estatísticas (INSEE), do final de março.

O INSEE estima que um mês de confinamento custaria ao país aproximadamente 3 pontos percentuais para o PIB local neste ano, enquanto dois meses de confinamento custariam cerca de 6 pontos.

Antes da crise, o governo previa um crescimento de 1,3% em 2020.

Início do confinamento no país

O confinamento no país teve início no último dia 17 de março e, atualmente, estima-se que dure pelo menos até o próximo dia 15 de abril, podendo ser prolongado por mais tempo, segundo comentário feito pelo primeiro-ministro Edouard Philippe, na última sexta-feira (3)

Para muitas empresas isso significa vários dias ou semanas sem atividades, ou com menos trabalho, representando assim uma forte queda na entrada de dinheiro.

O mercado automobilístico teve uma contração de mais de 72% em março e os fabricantes fecharam muitas fábricas. Muitos dos principais grupos, incluindo aqueles que estão na Bolsa, tiveram que paralisar suas previsões deste ano.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

A maioria dos negócios não essenciais também tiveram que fechar suas portas por ordem do governo.

 

França libera uso de anestésico veterinário para pacientes infectados com coronavírus