Focus revê para cima projeção de inflação; PIB é revisado para baixo

Matheus Gagliano
Jornalista formado em 2007. Possui mais de 15 anos de experiência em jornalismo econômico e corporativo. Passou por veículos especializados como Brasil Energia e Canal Energia e pelo Jornal do Commercio, do Rio de Janeiro. Além de passagens por veículos como Record TV do Rio, jornal O Dia e Diário Lance.
1

Crédito: Banco Central (BC)/Divulgação

O boletim Focus, do Banco Central, reviu para cima a projeção de inflação para o fim do ano, e para baixo a estimativa do Produto Interno Bruto (PIB). Porém, as projeções para taxa Selic e dólar foram mantidas.

Com relação à inflação, a pesquisa de mercado agora prevê que chegue a 9,33% ao fim do ano. Na semana passada, a previsão era de 9,17%. Há quatro semanas, a projeção era de 8,59%.

Sobre o PIB, o boletim estima que este indicador chegue no fim do ano a 4,93% contra 4,94% da semana passada. E contra 5,04% de quatro semanas antes.

Já o dólar foi mantida a mesma projeção da semana passada, de R$ 5,50. Há quatro semanas, a estimativa para a divisa norte-americana era de R$ 5,25.

Para a Selic, foi mantida a estimativa de 9,25% da semana anterior. Há quatro semanas, a pesquisa apontava uma taxa de 8,25%.

Focus

Focus em 2022, 2023 e 2024

Para o próximo ano, foram elevadas as estimativa de inflação e Selic e reduzida a projeção do PIB. Dólar teve a estimativa mantida.

Sobre a inflação, esta foi revista para 4,63% frente a 4,55% da semana passada; e contra 4,17% de quatro semanas antes. Para 2023, foi mantida a projeção de 3,27%. Para o ano seguinte, este indicador teve a estimativa revisada para cima, a 3,10%.

Para o PIB, este foi revisado para 1%. Na semana passada, a estimativa era de 1,20% e há quatro semanas, era de 1,54%. Para 2023, foi mantida a estimativa de 2%; e no ano seguinte, foi revisto para baixo, para 2,05%.

Para o dólar, a projeção de 2022, é a mesma da semana passada, de R$ 5,50. Há quatro semanas, a projeção era de R$ 5,25. Para 2023, o indicador foi revisado para cima, para R$ 5,30. Porém, foi mantida a projeção de 2024, em R$ 5,20.

Por fim, Selic foi revisada para cima nos três próximos anos. Para 2022, a projeção agora é de 11% contra 10,25% da semana passada. Há quatro semanas, a projeção era de 8,75%. Para 2023 e 2024, as revisões foram para cima, com as projeções chegando a 7,50% e 7%, respectivamente.