Fintechs oferecem boas opções de investimentos

Isadora Giaretta Gonzaga
Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução

As Fintechs, famosas empresas com soluções para o mercado financeiro, são uma opção para economizar e ter uma série de serviços bancários. Os bancos digitais também têm apostado em opções de investimento para os correntistas. Até para quem deixa o dinheiro parado na conta, há retornos superiores à poupança, por exemplo.

Na última semana, Itaú e Bradesco anunciaram que vão fechar centenas de agências. Juntos, os dois bancos devem encerrar a atividade em 850 agências em todo país.

A decisão faz parte de um processo de vários bancos para diminuir as despesas. Manter uma agência bancária tem uma série de custos que vão desde de funcionários até o seguro das unidades. Por isso os bancos digitais saem na frente por não possuírem agências físicas.

Todo essa economia reflete nos valores dos serviços oferecidos pelas fintechs, os bancos sem agências.

Em 2018, seis a cada dez transações foram feitas por meios digitais — pelo computador ou celular, de acordo com a Federação Brasileira dos Bancos.

Esse movimento digital tem contribuído para o crescimento das fintechs. Além disso, o número de serviços oferecidos por esses bancos tem aumentado e com preços menores que em bancos tradicionais.

 

As vantagens das Fintechs

 

As fintechs trouxeram inovação e outras possibilidades para o mercado financeiro, antes dominado por grandes instituições financeiras.

Os benefícios são diversos, a começar pela facilidade para o acesso ao crédito e pela agilidade nas contratações de serviços. O diferencial está em conseguir fazer isso sem precisar ir até uma agência, sem a cobrança de uma série de taxas e sem “a famosa papelada” exigida pelos bancos.

Investindo pelo Nubank

Fundado em 2013, o Nubank é um dos mais populares bancos digitais do Brasil. A instituição atingiu o marco, em setembro deste ano, ao conseguir clientes em todas as cidades do Brasil. São 6 milhões de usuários dos serviços do banco em todo país.

O Nubank tem uma série de serviços bancários comuns, como transferências bancárias, cartões de crédito e débito.

Além disso, todo o dinheiro que está na conta fica rendendo, mesmo “parado”. Isso acontece de forma automática. O rendimento da conta é de 100% do CDI. Diferente da poupança, que tem o rendimento fixado em 70% da Selic + Taxa Referencial – zerada desde setembro de 2017.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Com a taxa Selic a 5%, a poupança oferece rendimento de 3,5% ao ano. Como comparação, o saldo no Nubank tem uma rentabilidade 40%  maior ao ano, sem considerar imposto de renda e IOF.

O Nubank pode ser usado como uma opção de investimento para movimentações recorrentes, como recebimento de salário e pagamento de contas mensais. Com uma rentabilidade de 4,9% ao ano com baixo risco, ainda é possível sacar ou utilizar o dinheiro quando for preciso.

 

Investindo pelo Inter

O banco Inter foi criado em 1994, mas só recentemente ficou popular. A empresa entrega aos usuários os serviços de uma corretora e um banco digital. Ou seja, é possível investir em uma série de opções e usar os serviços como de um banco tradicional.

Há uma série de opções que vão desde fundo de investimentos, até ações. No banco, há opções que vão de baixo risco até para investidores com perfil mais agressivo.

Com todos esses serviços e facilidades, os bancos digitais tem crescido e se popularizado no país. Por todos os serviços serem online, tais bancos têm uma despesa muito menor em vários aspectos.

Esse corte de gastos reflete nas taxas e custos de administração das contas. Ou seja, muitos migram para os bancos digitais para economizar e pelas opções de investimentos que entregam melhor rentabilidade.

 

LEIA MAIS

Governo propõe a extinção de municípios com menos de 5 mil habitantes

Em meio à crise, governo anuncia pacote de reformas

 

 

O que fazer agora

O primeiro passo sempre será conhecer seus limites, sua tolerância a risco. Não entender seus próprios limites pode levá-lo a tomar as piores decisões com seus investimentos.

Por este motivo, sugerimos que todo investidor - experiente ou iniciante - conheça seu perfil. Se busca obter ganhos mais altos aceitando certa volatilidade ou se prefere maior segurança com retornos garantidos.

Entender mais profundamente o seu perfil como investidor e seus objetivos quanto a prazos de investimentos é uma tarefa um pouco mais sofisticada. É preciso considerar histórico como investidor, fatores pessoais e até profissionais que um teste da internet não considera.

Nossa equipe pode te ajudar a avaliar seu perfil de investidor.

O primeiro passo é uma conversa de 5 a 10 minutos com um membro da nossa equipe para levantar as primeiras informações e então agendar a conversa com um especialista no mercado de Investimentos.

É ele quem vai se aprofundar no seu histórico como investidor, seu momento de vida, seus planos futuros e então te indicar para produtos recomendados para seu perfil de investidor.

Confirme seus dados no formulário abaixo e nossa equipe vai entrar em contato com você para fazer a avaliação de seu perfil de investidor e bater com sua atual carteira de investimentos.