FII: LGCP11 informa 2º emissão de cotas do fundo

Regiane Medeiros
Economista formada pela UFSC. Produz conteúdo na área de mercado de capitais, finanças pessoais e atualidades.
1

Crédito: Pixabay

A Inter, na qualidade de administradora do fundo de investimento imobiliário (FII) LOGCP Inter (LGCP11), informou ao mercado sobre a nova emissão de cotas do seu FII.

De acordo com o comunicado, na segunda emissão serão distribuídas 1.565.257 de cotas, podendo tal quantidade ser diminuída em virtude de distribuição parcial.

O valor unitário foi definido em R$ 95,87, sendo que não inclui a taxa de distribuição no mercado primário, no valor de R$ 4,13 por cota.

Baixe planilha que irá te ajudar a analisar Fundos Imobiliários.

Com a emissão, a administradora estima levantar o montante de até R$ 150.061.188,59.

A administradora informou que as cotas da 2ª emissão poderão ser subscritas ou adquiridas por investidores em geral.

A destinação dos recursos será direcionada conforme a política de investimento definida no regulamento do FII.

LGCP11 é um fundo imobiliário do tipo tijolo, de modo que seus investimentos são destinados a propriedades comerciais do segmento galpões.

CPFF11 altera responsável pelo serviço de escrituração

A Vórtx, na qualidade de nova administradora do Capitânia Reit FOF (CPFF11) informou que, a partir do fechamento dos mercados do dia 18 de setembro de 2020, o serviço de escrituração das cotas do FII passará a ser prestado pela BTG Pactual.

Segundo a administrado, devido ao processo de migração, haverá indisponibilidade dos procedimentos de consultas de posição; transferência de titularidade de cotas fora de bolsa de valores; movimentação de custódia de cotas; pagamentos de eventuais eventos pendentes; atualização cadastral; e registro de gravames, no período de 15 de setembro de 2020 a 18 de setembro de 2020.

BRCO11 celebra contrato para expansão de área bruta de empreendimento

O FII Bresco Logítica (BRCO11) comunicou a celebração de contrato de construção e de gerenciamento de obra com a SGO Construções e a Britcor Consultoria & Administração de Facilities, para a expansão da área bruta locável (ABL) do Bresco Contagem.

Segundo o projeto, a expansão do empreendimento será de aproximadamente 11,7 mil m², equivalente a 19,2% da ABL atual do empreendimento.

A expansão demandará investimento total de aproximadamente R$ 17,4 milhões, ou R$ 1.484/m², o qual será suportado integralmente com os recursos disponíveis no Fundo.

Desta forma, a distribuição mensal não será impactada em função dos custos da expansão. O início das obras se dará em até 15 dias, a contar de 15 de setembro, com duração prevista de 7 meses.