FII: IFIX recua 0,38%; RBRD11 e PORD11 puxam alta

Regiane Medeiros
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Pixabay

Nesta segunda-feira (6) o IFIX sofreu forte pressão nas vendas e fechou o pregão em queda de 0,38%, aos 2.802,41 pontos.

Desse modo, apesar de abrir as negociações no positivo, o índice de FIIs não sustentou a alta e seguiu em viés de queda gradativamente.

Atingir um patrimônio de R$ 100 mil é para poucos, saiba quais são as melhores atitudes e aplicações para multiplicá-lo

Na mínima do dia, bateu nos 2.802,17 pontos. Por outro lado, na máxima, o IFIX atingiu os 2.816,59 pontos.

Para julho, o índice acumula uma desvalorização de 0,14%. No ano a queda é de 12,14%.

Altas e quedas

Entre os Fundos Imobiliários que puxaram a alta nesta segunda-feira estavam: Votorantim Shopping (VSHO11), Cidade Jardim Continental Tower (BBVJ11), Vinci Logística (VILG11), Centro Têxtil Internacional (CTXT11) e Plural Recebíveis Imobiliários (PLCR11).

Na contramão, as maiores quedas da carteira estiveram nos seguintes fundos: RB Capital Renda II (RBRD11), Polo CRI II (PORD11), Capitânia REIT FOF (CPFF11), BM Cyrela Thera Corporate (THRA11) e Projeto Água Branca (FPAB11).

A movimentação financeira para o dia foi de R$ 194,76 milhões.

Estude e compare seus investimentos em FIIs

Acesse esse material especial para avaliar resultados, performance e dividendos dos melhores FIIs no mercado

Veja o gráfico do dia

FII: Maiores Altas

Empresa (ticker)PreçoOscilação
RBRD1188,603,08%
PORD1196,892,86%
CPFF1184,002,44%
THRA11144,502,41%
FPAB11336,341,92%

FII: Maiores Baixas

Empresa (ticker)PreçoOscilação
VSHO1187,29-5,07%
BBVJ1158,50-4,10%
VILG11122,00-3,95%
CTXT1150,96-3,48%
PLCR1181,15-3,25%

IFIX versus ações

Criado pela Bolsa brasileira, o IFIX tem por objetivo medir a performance de uma carteira.

Trata-se de uma composição de cotas de Fundos Imobiliários que são listados para negociação nos ambientes administrados pela bolsa. Entretanto, esse indicador costuma variar bem menos que o próprio Ibovespa.

Em comparação à bolsa, nesta segunda-feira, o conjunto de fundos de investimentos imobiliários registrou uma desvalorização frente ao principal índice da bolsa, que subiu 2,25%.