Radar FII: veja os destaques de fundos imobiliários desta segunda

Regiane Medeiros
Economista formada pela UFSC. Produz conteúdo na área de mercado de capitais, finanças pessoais e atualidades.
1

Crédito: Divulgação

O  fundo de investimento imobiliário (FII) Tellus Properties (TEPP11) informou sobre a aquisição de 16 unidades do Condomínio Edifício Timbaúba, localizado em São Paulo, SP.

Segundo o comunicado, a escritura de compra e venda das unidades deverá ser celebrada até o dia 18 de dezembro de 2020.

O valor a ser desembolsado será no montante de R$ 26,529 milhões.

Invista em suas Escolhas. Conheça os Melhores Investimentos 2021.

As unidades do referido imóvel somam uma área locável de 1.965,12m² e encontram-se 100% ocupados.

O TEPP11 comunicou ainda que os contratos de locação da Sertrading, que ocupa 2 unidades do Condomínio São Luiz, foram renovados por 3 anos, sendo o aluguel reajustado em 14,32%.

Com a aquisição e a repactuação, incidirá sobre as distribuições do Fundo um impacto positivo estimado em R$0,08 por cota por mês.

RCRB11 estuda alienação de participação em imóvel

O FII Rio Bravo Renda Corporativa (RCRB11) assinou em 26 de novembro, um memorando de entendimentos para uma possível alienação de sua participação em um dos imóveis que compõem o portfólio do FII.

Segundo o administrador do RCRB11, a operação deverá gerar um resultado líquido de aproximadamente R$ 1,10/cota.

A lavratura da escritura pública e efetiva transferência do imóvel se darão assim que concluídas condições precedentes.

IFIX

No pregão da sexta-feira, 30,  o IFIX fechou a sessão em alta de 0,40%, aos 2.811,53 pontos.

Para o mês de novembro, o IFIX registra alta de 1,62%. Já no acumulado do ano, a queda é de 11,91%.

Veja mais:

FII: conheça os 20 fundos imobiliários mais rentáveis de 2020

Money Week: confira dicas de livros, cursos e de quem seguir nas redes

Inteligência financeira: 10 sugestões de livros de Gustavo Cerbasi