Radar FII: veja os destaques de fundos imobiliários desta quarta

Regiane Medeiros
Economista formada pela UFSC. Produz conteúdo na área de mercado de capitais, finanças pessoais e atualidades.
1

Crédito: Reprodução/Pixabay

O BTG Pactual, administrador do  fundo de investimento imobiliário (FII) Mogno Hotéis (MGHT11), comunicou a 2ª emissão de cotas do Fundo.

Desse modo, com a nova oferta serão lançadas até 1 milhão de cotas, pelo valor unitário de R$ 100,00.

O montante total da oferta restrita será de até R$ 100 milhões.

Conquiste sua Independência Financeira. Conheça os 4 Pilares para Investir

No entanto, o montante poderá ser aumentado em até 20% da totalidade das novas cotas ofertadas. Ou seja, até 200 mil cotas, correspondentes a R$ 20 milhões, de forma a atender um eventual excesso de demanda que venha a ser constatado no decorrer da oferta.

Os cotistas que tiverem interesse em exercer o direito de preferência deverão se manifestar entre os dias 01 de dezembro de 2020 a 15 de dezembro de 2020, inclusive, na B3.

Será admitida ainda a distribuição parcial das cotas, respeitado o montante mínimo da oferta restrita.

A 2ª emissão do MGHT11 será destinada exclusivamente a investidores profissionais.

EDGA11 comunica regularização de inadimplência

O BTG Pactual, na qualidade de administrador do FII Edifício Galeria (EDGA11), informou que após tratativas para a regularização do pagamento, o Fundo recebeu o total dos valores da competência setembro, que estavam em situação de inadimplência.

Desta forma, o BTG informou que a última distribuição de rendimentos foi impactada positivamente em, aproximadamente, R$ 0,04 por cota.

IFIX

No pregão da terça-feira, 24,  o IFIX fechou a sessão em queda de 0,02%, aos 2.796,51 pontos.

Em novembro, o índice acumula alta de 1,07%. No ano, a queda é de 12,45%.

Veja mais:

FII: conheça os 20 fundos imobiliários mais rentáveis de 2020

Money Week: BC estuda PIX para conta de investimento nas corretoras

Melhor investimento: onde investir durante e após a crise