Presidente eleito na Argentina diz que vai cumprir compromissos com o FMI, sem ajuste fiscal

Carlos Eduardo Bertin
null

O presidente eleito da Argentina, Alberto Fernández, teve o seu primeiro contato formal com o Fundo Monetário Internacional (FMI), nesta terça-feira, 19.

Fernández falou por telefone com a diretora-gerente do FMI, Kristalina Georgieva, sobre uma possível renegociação do empréstimo recebido pela Argentina, em 2018, no valor de US$ 56 milhões.

Além disso, ele comunicou que está disposto a cumprir com os compromissos assumidos pelo país. Entretanto, afirmou que eles serão cumpridos com uma condição: não haverá mais ajuste fiscal.

Fernández assume a presidência da Argentina no dia 10 de dezembro, no lugar de Mauricio Macri.

Se considera um investidor conservador? Então você está em risco de extinção!

O cenário econômico virou do avesso e o país já não é mais o mesmo.

As taxas de juros caíram à níveis jamais vistos no Brasil desde o final do governo Militar (imagem abaixo) e levaram os rendimentos de Renda Fixa para próximo de Zero (ou negativos no caso da poupança).

Italian Trulli

A nova equipe econômica está incentivando novos investimentos no país, e com isso já não é mais possível ganhar dinheiro confortavelmente na poupança e em CDBs comuns. Por isso, estamos declarando a Extinção do Investidor Conservador.

Se você faz parte dessa espécie de investidor que está em risco de extinção, confirme seus dados no formulário abaixo e fale com nossa equipe. Vamos te ajudar, sem dor e sem custo.