Faturamento de supermercados cresce 12,5% ante maio de 2019

Paulo Amaral
Jornalismo é meu sobrenome: 20 anos de estrada, com passagens por grandes veículos da mídia nacional: Portal R7, UOL Carros, HuffPost Brasil, Gazeta Esportiva.com, Agora São Paulo, PSN.com e Editora Escala, entre outros.
1

Crédito: Reprodução/Agência Brasil

O setor de supermercados, hipermercados e atacarejos registrou aumento de 12,5% no faturamento último mês ante maio de 2019.

Dúvidas sobre como investir? Consulte nosso Simulador de Investimentos

Simule seus investimentos com um especialista e confira as melhores opções de acordo com seu perfil

Os dados foram divulgados após pesquisa da GS Ciência do Consumo, especializada em análises e soluções de tecnologia para indústria e varejo.

O principal destaque do levantamento, segundo nota publicada pelo Estadão Conteúdo nesta sexta-feira, foi o setor de atacarejo.

Esse tipo de comércio, que reúne em um único estabelecimento itens de atacado e de varejo, apresentou alta de 14,91% no período.

Cases da Bolsa

Aprenda análise fundamentalista de ações na prática, com maiores cases já criados na B3

Frequência de compras

O levantamento da GS Ciência de Consumo também detectou alterações na frequência de compras dos consumidores.

Os benefícios de se ter um assessor de investimentos

Por conta da pandemia de coronavírus, os consumidores diminuíram a frequência com que iam aos estabelecimentos fazer compras.

Em contrapartida, aumentaram o quanto gastam em cada uma dessas visitações a supermercados, atacarejos e hipermercados.

Segundo os números compilados em maio, a frequência de compras caiu 3,1%, enquanto a alta do tíquete médio foi de 30,92%.

O atacarejo, mais uma vez, destoou na comparação, tendo apresentado alta também na frequência de compras: 3,33%.

Planilha de ações: baixe e faça sua análise para investir