Fábio Castro, relação com investidores da Ambipar (AMBP3), vai estar no Small Caps Summit

Karin Barros
Jornalista com atuação nos dois principais jornais impressos da Grande Florianópolis por quase 10 anos. Costumo dizer que sou viciada em informação, por isso me encantei com a economia, que une tudo de alguma forma sempre. Atualmente também vivo intensamente o mundo da assessoria de imprensa e do PR.
1

Crédito: Divulgação

Fábio Castro, diretor de Relações com Investidores da Ambipar (AMBP3), líder em gestão ambiental, é um dos convidados do Small Caps Summit, que ocorre nos próximos dias 27 e 28 de julho, 100% online e gratuito.

Formado, em 2007, em Administração de Empresas pela Universidade Mackenzie, com pós-graduação em Economia Financeira pela FGV e MBA em finanças em andamento pelo INSPER, Castro carrega mais de 13 anos de experiência em mercado de capitais e 10 anos em Relações com Investidores. Passou por empresas como Itaú, JSL; Movida e Ekko Group.

Castro assumiu em fevereiro o RI da Ambipar, com o desafio de ampliar e diversificar a base de investidores em um IPO diferenciado, já que a empresa foi a primeira do setor de gestão ambiental a entrar na bolsa de valores.

Simule seus investimentos com um especialista e confira as melhores opções de acordo com seu perfil

Se você quer conhecer mais sobre as small caps do setor financeiro, inscreva-se no Small Caps Summit, clicando aqui!

Valorização na B3

Recentemente a jornalista Mirian Gasparin divulgou em seu blog que a Ambipar completou seu primeiro ano na B3 com valorização superior a 50%.

Na entrevista, Castro afirmou que o desempenho da companhia em um ano de IPO é totalmente positivo, e reflete as entregas pelas conquistas e estratégias de negócios que alavancaram as ações da empresa ao longo desse período.

Nesse meio tempo, a Ambipar conquistou capilaridade na América do Norte, América do Sul e Europa, chegando a 17 países e registrando resultados financeiros positivos e crescentes.

De acordo com ele, a tendência para o futuro é continuar com o plano estratégico de crescimento orgânico e inorgânico, principalmente no segmento Response, mas também adquirir empresas com serviços de gestão ambiental sinérgicos ao da Ambipar.

Em uma rápida pesquisa na internet, é fácil ver a movimentação da empresa pela aquisição de outros serviços de gestão ambiental no país e no mundo, como é o caso da Sabi Tech no início de julho, que possuiu 14 bases operacionais na Colômbia, estrategicamente localizadas nas principais rotas e em pontos com histórico de acidentes.

Se quiser conhecer mais sobre a história da Ambipar, é simples. Basta se inscrever na próxima edição da Small Caps Summit. É rápido, grátis e 100% online.

Cases da Bolsa

Aprenda análise fundamentalista de ações na prática, com maiores cases já criados na B3