Eztec (EZTC3) lucra 349% a mais no balanço do 1TRI20

Felipe Alves
null

Crédito: Eztec (EZTC3) lucra 349% a mais no balanço do 1TRI20

Em meio à crise do coronavírus, a construtora e incorporadora Eztec (EZTC3) teve um aumento expressivo no lucro líquido da empresa. No primeiro trimestre de 2020 a empresa registrou um lucro de R$ 77,6 milhões, valor 349% maior do que os R$ 17,3 milhões do mesmo período de 2019.

A margem líquida da empresa alcançou 31,1%. De janeiro a março de 2019 este valor havia sido de 11,8%.

O lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação (Ebitda, na sigla em inglês) somou R$ 54 milhões no período. Foi uma alta de 256% na comparação com o primeiro trimestre de 2019.

A margem Ebitda da Eztec atingiu 21,8% ante 10,4% de um ano antes.

A receita líquida da empresa teve um aumento de 70%. Passou de R$ 146,3 milhões (no primeiro trimestre de 2019) para R$ 249,5 milhões no trimestre passado.

O resultado financeiro líquido da construtora alcançou R$ 36,8 milhões. Foi um aumento de 304% em relação aos R$ 9,1 milhões de janeiro a março de 2019.

Os números foram impulsionados principalmente pelo lançamento do projeto Air Brooklin, empreendimento de luxo na região do Brooklin, em São Paulo.

Em 2019, o lucro líquido da empresa alcançou R$ 281 milhões.

Eztec (EZTC3) lucra 349% a mais no balanço do 1TRI20

 

Patrimônio líquido cresce 46%

Com os novos lançamentos no último ano, o patrimônio líquido da empresa cresceu 46% – passou de R$ 2,6 bilhões para R$ 3,8 bilhões.

A geração de caixa da Eztec somou R$ 1,2 milhão no primeiro trimestre de 2020. No mesmo período do ano passado esse valor era 51 milhões negativos. A empresa tem 1,2 milhão de caixa líquido e R$ 552 milhões em recebíveis performados.

As despesas comerciais e administrativas da construtora acumularam R$ 53,5 milhões no primeiro trimestre de 2020, valor 26% maior do que 2019.

Já o lucro por ação da Eztec cresceu de R$ 0,10 por cota para R$ 0,43 por ação em 2020.

 

Eztec tem aumento de VGV

O VGV (Valor Geral de Vendas) da Eztec aumentou 43%. No primeiro trimestre de 2019 o VGV foi de R$ 393 milhões e, em 2020, esse valor subiu para R$ 564 milhões.

De março a janeiro do ano passado, a empresa lançou 750 unidades, enquanto que no último trimestre esse número foi de 1.213. Foram três empreendimentos lançados em cada um dos trimestres. O primeiro trimestre de 2020 teve lançamentos da ordem de R$ 576 milhões.

 

Queda das vendas semanais

Apesar dos números positivos, a empresa teve queda significativa de vendas desde o início da pandemia. Segundo a Eztec as vendas semanais no início do ano eram de R$ 45 milhões na médica. Após segunda quinzena de março, esse valor caiu para R$ 4 milhões por semana.

A área mais impactada da empresa é a comercial. Mas, de acordo com a Eztec, os demais pilares operacionais, como construção, repasse e gestão de recebíveis, permanecem normais.

Por conta da pandemia, a construtora descontinuou o guidance de 2020. A previsão anterior era de alcançar um VGV de R$ 2 bilhões a R$ 2,5 bilhões.

O programa de recompra de ações da Eztec, anunciado em março, tem prazo de liquidação de até 90 dias, a começar a partir de 17 de junho.