Eztec (EZTC3) registra queda de 67% nas vendas, para R$ 123 milhões no 2TRI

Felipe Moreira
Felipe Moreira é Graduado em Administração de empresas e pós-graduado em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 6 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: Divulgação / EZTec

A EZTec (EZTC3) anunciou a prévia dos resultados operacionais do segundo trimestre de 2020. As vendas líquidas totalizaram R$ 123 milhões, uma queda de 67% com comparação com igual período de 2019.

A construtora não fez nenhum lançamento no segundo trimestre deste ano.

De acordo com a Eztec, a falta de lançamentos no período levou a companhia a depender predominantemente da comercialização de unidades prontas e em lançamentos de trimestres anteriores.

As vendas líquidas de estoque em junho superou em 51% a média mensal do quarto trimestre de 2019.

Já as vendas brutas da Eztec somaram R$ 146,5 milhões, apenas em junhos as vendas totalizaram R$ 93,7 milhões.

VSO caiu 12 pontos

O VSO (Vendas Sobre Oferta) atingiu 6,7%, baixa de 12 pontos percentuais no segundo trimestre.

Já no semestre, o VSO foi de 24%, uma queda de 7,1 p.p.

Enquanto isso, o VSO bruta ficou em 8%, um desempenho 12 pontos percentuais inferior em relação ao mesmo período do ano anterior.

O estoque final no segundo trimestre de 2020, totalizou R$ 204,6 milhões, uma elevação de 6%.

Primeiro trimestre

Em meio à crise do coronavírus, a construtora e incorporadora Eztec (EZTC3) teve um aumento expressivo no lucro líquido da empresa. No primeiro trimestre de 2020 a empresa registrou um lucro de R$ 77,6 milhões, valor 349% maior do que os R$ 17,3 milhões do mesmo período de 2019.

A margem líquida da empresa alcançou 31,1%. De janeiro a março de 2019 este valor havia sido de 11,8%.

O lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação (Ebitda, na sigla em inglês) somou R$ 54 milhões no período. Foi uma alta de 256% na comparação com o primeiro trimestre de 2019.

A margem Ebitda da Eztec atingiu 21,8% ante 10,4% de um ano antes.

A receita líquida da empresa teve um aumento de 70%. Passou de R$ 146,3 milhões (no primeiro trimestre de 2019) para R$ 249,5 milhões no trimestre passado.

O resultado financeiro líquido da construtora alcançou R$ 36,8 milhões. Foi um aumento de 304% em relação aos R$ 9,1 milhões de janeiro a março de 2019.

Os números foram impulsionados principalmente pelo lançamento do projeto Air Brooklin, empreendimento de luxo na região do Brooklin, em São Paulo.

Em 2019, o lucro líquido da empresa alcançou R$ 281 milhões.

Eztec tem aumento de VGV

O VGV (Valor Geral de Vendas) da Eztec aumentou 43%. No primeiro trimestre de 2019 o VGV foi de R$ 393 milhões e, em 2020, esse valor subiu para R$ 564 milhões.

De março a janeiro do ano passado, a empresa lançou 750 unidades, enquanto que no último trimestre esse número foi de 1.213. Foram três empreendimentos lançados em cada um dos trimestres. O primeiro trimestre de 2020 teve lançamentos da ordem de R$ 576 milhões.