Evento em São Paulo discute o mercado de criptomoedas e futuro do dinheiro

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 7 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: Reprodução/Pixabay

A primeira edição do CriptoZoom, evento que terá como tema o mercado de criptoativos e o futuro do dinheiro, acontecerá no dia 31 de março de 2020.

Para isso, o evento contará com palestras de profissionais do setor de criptomoedas e membros da CVM. O objetivo é analisar as perspectivas para mercado digital, através da identificação de desafios e oportunidades dentro do segmento. As informações são do Livecoins.

Apesar da criptomoeda mais famosa (Bitcoin) ter mais de uma década existência, ainda há uma quantidade limitada de informações sobre o tema. Sendo assim, os interessados no evento poderão expandir seus conhecimentos relativos ao assunto, bem como estabelecer networking.

Ferramenta ajuda na escolha de suas ações de acordo com balanços

Nomes confirmados

Segundo reportagem da Livecoin, alguns nomes já estão confirmados. “Para falar sobre o criptomercado estará presente Reinaldo Rabelo, CEO da Mercado Bitcoin; Rosine Kadamani, advogada cofundadora da Blockchain Academy e Bruno Diniz, cofundador da Spiralem e diretor da Associação Brasileira de Startups. Já para trazer a questão da CVM está confirmado o deputado Aureo Ribeiro, autor do mais importante projeto de criptomoedas no congresso e Isac Costa, analista de mercado e assessor do colegiado da comissão”.

Temas

As principais a serem abordados no evento são sobre a regulamentação e legislação do mercado de criptomoedas, utilização de criptoativos como meio de pagamentos, tokenização e investimentos em ativos digitais. Segundo Regina Crespo, curadora do evento, o objetivo é a discussão de aspectos regulatórios e avaliação de tendências no mercado brasileiro.

Além disso, buscará ensinar aos participantes como aproveitar as oportunidades inerentes a essa modalidade de investimento. Visto que o criptomercado detém alta instabilidade.