Pedidos de seguro-desemprego nos EUA somam 712 mil, abaixo da projeção

Victória Anhesini
Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie
1

Crédito: Reprodução/Flickr

Os novos pedidos de seguro-desemprego dos Estados Unidos vieram abaixo do esperado, conforme dados divulgados nesta quinta-feira (03). Foram 712 mil pedidos feitos na semana encerrada em 28 de novembro. 

Na semana anterior, foram feitos 787 mil pedidos e eram esperados mais 775 mil para a data pesquisada. Além disso, esta é a primeira queda em três semanas.

Em relação ao número revisado da semana anterior, foram 9 mil a mais que o registrado, levando o valor inicial de 778 mil para 787 mil. Os dados são do Departamento do Trabalho dos Estados Unidos.

O número de solicitações contínuas caiu de 6,08 milhões para 5,52 milhões. Também foi abaixo do previsto, de 5,91 milhões.

Entretanto, desde o início da crise do coronavírus nos EUA, em março, foram 22 semanas com mais de 1 milhão de pedidos. Antes da disparada de pedidos, eram registrados 282 mil pedidos semanais.

Leia mais

Dólar hoje: moeda opera em queda de 1,30%, cotada a R$ 5,17

Bolsa de valores opera em alta; Nova York reage