EUA: produção industrial avança 0,4% em agosto, abaixo da projeção

Cláudia Zucare Boscoli
Jornalista formada pela Cásper Líbero, com pós-graduação em Jornalismo Econômico pela PUC-SP, especialização em Marketing Digital pela FGV e extensão em Jornalismo Social pela Universidade de Navarra (Espanha), com passagens por IstoÉ Online, Diário de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e Editora Abril.

Crédito: Reprodução/Pixabay

A produção industrial dos Estados Unidos, medida pelo Federal Reserve (Fed), banco central americano, apontou avanço de 0,4% em agosto, acima dos 3,5% de julho. No entanto, o resultado veio abaixo da projeção do mercado, que era de alta de 1%.

Este é o quarto aumento mensal consecutivo do indicador. Ainda assim, em agosto a produção industrial se encontrava 7,3% abaixo do nível pré-pandemia registrado em fevereiro.

A manufatura avançou 1%. O setor de mineração teve queda de 2,5% no mês, afetado pela queda na extração de petróleo durante a tempestade tropical Marco e o furacão Laura. O setor de utilities teve queda de 0,4%.

A utilização da capacidade do setor industrial aumentou 0,3 ponto percentual em agosto para 71,4%, uma taxa que está 8,4 pontos percentuais abaixo da média de longo prazo (1972–2019), mas 7,3 pontos percentuais acima do mínimo em abril.

produção industrial

Reprodução/Fed