EUA perde 27 mil postos de trabalho no setor privado

Cláudia Zucare Boscoli
Jornalista formada pela Cásper Líbero, com pós-graduação em Jornalismo Econômico pela PUC-SP, especialização em Marketing Digital pela FGV e extensão em Jornalismo Social pela Universidade de Navarra (Espanha), com passagens por IstoÉ Online, Diário de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e Editora Abril.
1

Crédito: Reprodução/Unsplash

Considerado uma prévia do relatório de empregos oficial dos Estados Unidos (payroll), o Relatório Nacional de Emprego feito pela ADP e pela Moody’s Analytics mostra que houve redução de 27 mil postos de trabalho no setor privado não-agrícola entre fevereiro e março.

A leitura anterior foi de geração de 183 mil vagas de trabalho. Os analistas apostavam em uma redução ainda mais drástica dos postos de trabalho: -150 mil vagas.

A ADP também revisou a geração de vagas em fevereiro para baixo, de 183 mil para 179 mil.

Conquiste sua Independência Financeira. Conheça os 4 Pilares para Investir

Na sexta-feira (3), o Departamento de Trabalho dos EUA publica o payroll de março, com a inclusão da folha de pagamentos do setor público, além do privado.