ETF apresentou a melhor semana em 7 anos

Felipe Moreira
Felipe Moreira é Graduado em Administração de empresas e pós-graduado em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 6 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: Photo by William Iven on Unsplash

A retomada do crescimento econômico no Brasil, os investidores estrangeiros aplicaram US$ 634 milhões no maior ETF de ações brasileiras, o ETF iShares MSCI Brazil, conhecido com EWZ, na semana encerrada em 10 de dezembro.

Foi o maior ingresso semanal em 7 anos e quase metade do total de US$1,4 bilhão foi aportado em 2019. O EWZ tem atualmente US$ 10,8 bilhões em ativos.

Os analistas mais confiantes com o Brasil vêem o indicadores econômicos apresentados com bons olhos. Destacam o PIB melhor que o esperado, o aumento de criação de vagas e a alta das vendas no varejo.

Ademais, “o resultado positivo de reformas estruturais” reduziu as taxas de juros reais, disse Will Pruett, gestor baseado em Boston da Fidelity Management, que tem cerca de US$ 542 milhões em ativos. “Se a inflação e os prêmios de risco permanecerem nos níveis atuais, acredito que provavelmente veremos fluxos significativos em produtos relacionados a crédito, imóveis e ações.”

Além disso, o mercado tende se favorecer do fluxo de capital da renda fixa para ações. Isso porque o cenário de taxas de juros baixa incentiva os investidores a arriscar mais.

Investidor estrangeiro

Entretanto, o investidor estrangeiro não demonstrou o mesmo otimismo com o Brasil. Os estrangeiros retiraram aproximadamente R$ 15 bilhões da bolsa até 17 de dezembro, de acordo com dados da B3. Excluindo as entradas de ofertas de ações, a saída líquida aumenta para cerca de R$ 42 bilhões.

Mesmo assim, o apetite global pelo Brasil e outros mercados emergentes melhorou recentemente. As entradas para ETFs de mercados emergentes atingiram um recorde na semana passada, quando a fase um do acordo comercial entre os EUA e a China reforçou a confiança em relação a ativos mais arriscados.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

O Ibovespa deve subir 15% em 2020, conforme estimativa média de 10 estrategistas ouvidos por pesquisa Bloomberg. Isso marcaria o quinto ano consecutivo de ganhos, o maior período de retornos positivos em cinco anos desde 2004/2007.


Aproveite as oportunidades e aumente a rentabilidade dos seus investimentos.

Preencha seus dados abaixo e conte com especialistas para ajudar.

Se preferir, ligue direto para 4007-2374