Estapar (ALPK3) tem prejuízo 7% maior no 2TRI21

Felipe Alves
Jornalista com experiência em reportagem e edição em política, economia, geral e cultura, com passagens pelos principais veículos impressos e online de Santa Catarina: Diário Catarinense, jornal Notícias do Dia (Grupo ND) e Grupo RBS (NSC).

Crédito: Reprodução / Facebook / Estapar

A Allpark Empreendimentos e Participações, que opera sob a marca Estapar (ALPK3), reportou prejuízo líquido 7,3% maior no segundo trimestre de 2021 (2TRI21).

O prejuízo subiu de R$ 56,9 milhões para R$ 60,4 milhões.

Simule seus investimentos com um especialista e confira as melhores opções de acordo com seu perfil

Segundo a empresa, as mudanças no prejuízo líquido são explicadas pelos impactos negativos atribuídos as restrições impostas pela crise da pandemia da Covid-19, bem como em razão do ciclo de intensivos investimentos em crescimento dos últimos exercícios impactando as despesas de Depreciação e Amortização.

Estapar (ALPK3): principais números do balanço do 2TRI21

Prejuízo líquido

  • Prejuízo 2TRI21: R$ 60,4 milhões
  • Prejuízo 2TRI20: R$ 56,9 milhões

Ebitda ajustado

  • Ebitda 2TRI21: R$ 43,9 milhões
  • Ebitda 2TRI20: R$ 47,6 milhões

Receita líquida

  • Receita 2TRI21: R$ 175,6 milhões
  • Receita 2TRI20: R$ 85,8 milhões

Receita cresce 104%

No 2TRI21, a receita líquida da Estapar (ALPK3) totalizou R$ 175.629 milhões, um crescimento de 104,6% na comparação com o 2T20.

Por segmento, houve receita trimestral recorde em On-Street a partir: (i) da contínua evolução no desempenho da Zona Azul de São Paulo, em linha com as expectativas da companhia (Receita Líquida de R$ 16.470 milhões, +31,9% vs. 1T21), assim como (ii) pela recuperação da mobilidade em todos os outros municípios em que estamos presentes, com destaque para São Bernardo do Campo, Santo André e Taubaté.

Outros destaques de Estapar (ALPK3)

As despesas gerais e administrativas e outras receitas (despesas) totalizaram R$ 19,561 milhões no 2T21, 64,7% acima do 2T20 em razão do aumento de 40,2% nas Despesas Gerais e Administrativas principalmente pelo efeito positivo da adoção, em 2020, das MPs 927 e 936 que permitiram a redução de jornada e suspensão de contratos de trabalho, incluindo a Diretoria Executiva e time administrativo.

Cases da Bolsa

Aprenda análise fundamentalista de ações na prática, com maiores cases já criados na B3

Estapar 2TRI21