Estados querem barrar reforma tributária; veja mais notícias

Matheus Gagliano
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Reprodução/Pixabay

A reforma tributária do governo ganhou mais um obstáculo. Segundo matéria do jornal O Globo, os estados tentam barrar a reforma. Os entes federativos têm feito pressão a parlamentares para rejeitar ou alterar proposta enviada pelo governo à Câmara.

O relator da proposta, deputado Celso Sabino (PSDB-PA) argumenta que municípios e estados não perderão arrecadação.

Simule seus investimentos com um especialista e confira as melhores opções de acordo com seu perfil

Matéria da Folha de S.Paulo informa que as empresas buscam formas de fugir da tritbutação sobre dividendos. As companhias avaliam pagar dividendos antes da reforma. Esta ação poderia até elevar o dólar, pois filiais de multinacionais remeteriam recursos de uma só vez.

TCU quer medidas para atualização da ITR

O Tribunal de Contas da União (TCU) cobra do governo medidas para atualizar o ITR. Segundo matéria do Valor Econômico, a atualização da tabela da pecuária poderia elevar a arrecadação de imposto para R$ 14,3 bilhões. O montante é quase sete vezes mais do que a obtida em 2019, que ficou em R$ 1,8 bilhão.

Mudança no Código do Consumidor pode injetar R$ 350 bi na economia

A mudança no Código do Consumidor pode injetar até R$ 350 bilhões na economia. Segundo o jornal Valor Econômico, as mudanças preveem facilitação na negociação das dívidas.

A nova lei prevê uma espécie de recuperação judicial para pessoas físicas, forçando credores a sentarem à mesa para negociar com os devedores. Com isso, o montante devido poderia ser injetado na economia.

Defesa do voto impresso cria tensão política

Uma suposta defesa do voto impresso, feita pelo general Braga Netto, ministro da Defesa, criou um mal estar entre militares e políticos. Segundo o jornal Valor Econômico, o caso provocou reações tanto de parlamentares governistas quanto da oposição. O ministro, porém, ao lado do presidente da Câmara, deputado Arthur Lira (PP-AL), negaram qualquer ameaça às eleições.

Matéria do Estadão aponta que representantes dos três poderes se uniram contra a suposta ameaça por parte do titular da Defesa.

Já segundo matéria da Folha de S.Paulo, políticos veem na declaração de Braga Netto sobre eleição tentativa de influenciar temas que não competem à pasta.

Ainda de acordo com o Estadão, os partidos se mobilizam pelo fim da PEC do voto impresso. As siglas querem enterrar a proposta de vez, fazendo com que ela seja votada logo na volta do recesso legislativo, na primeira semana de agosto.

Paes lança editais para ocupar Parque Olímpico do Rio

Cinco anos após as olimpíadas do Rio de Janeiro, o prefeito Eduardo Paes (PSD) lançou novos editais.

Os documentos visam a desmontagem do Parque Aquático e da Arena do Futuro (Centro Olímpico de Handebol). Estes vão virar quatro escolas municipais.

Cases da Bolsa

Aprenda análise fundamentalista de ações na prática, com maiores cases já criados na B3