EconomiaNotíciasPolítica

Especialistas apontam que a reforma da Previdência deve ser feita em um único projeto

Uma reforma “fatiada” consumiria um tempo excessivo e uma alta parcela do capital político do novo presidente, além da possibilidade de impactar a realização de outras reformas.

jairbolsonaro 9ca5355efa64acf2b8a8e4cd3e6f2eed 1200x800 1024x683 - Especialistas apontam que a reforma da Previdência deve ser feita em um único projeto
Crédito da imagem: Reprodução/Internet

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) anunciou recentemente que pretende “fatiar” a reforma da Previdência, contudo, muitos especialistas entendem que essa não é a melhor maneira de se cuidar e um assunto tão polêmico.

A mudança no atual sistema de Previdência Social brasileiro é um elemento-chave para que o Tesouro Nacional não entre em uma situação de insolvência. Além disso, sem que essa reforma seja feita, estima-se que o novo governo tem pouca ou nenhuma chance de ter um futuro promissor.

Caso a reforma da Previdência não seja feita, a dívida pública brasileira pode continuar em sua trajetória explosiva. Nesse sentido, em um dado momento, os investidores do Tesouro podem perceber o risco de um calote e devem iniciar uma fuga em massa para outros ativos, inclusive estrangeiros.

O fracasso na reforma provocaria uma grave crise de confiança no país, permitiria a volta de uma inflação sem controle e, também, marcaria o fim da esperança de uma retomada no crescimento. O desemprego pode piorar e, com isso, a renda dos trabalhadores cairia. A impossibilidade em atender às expectativas daqueles que elegeram Bolsonaro poderia causar uma grave crise de popularidade do novo presidente e isso causaria prejuízos à sua governabilidade.

A proposta de reforma feita pelo atual presidente Michel Temer ainda está sob análise do Congresso Nacional e pode ser retomada por Bolsonaro ou substituída por outra. Para isso, há um excelente estudo que foi conduzido pelo economista Paulo Tafner e financiada pessoalmente por Armínio Fraga, ex-presidente do Banco Central.

especialista analisa impactos da reforma da previdencia PtMr 1024x576 - Especialistas apontam que a reforma da Previdência deve ser feita em um único projeto
Crédito da imagem: Reprodução/Internet

Algo que deixou muitos em dúvida é o que o novo presidente quis dizer ao dispor a ideia de “fatiar” a reforma da Previdência. Caso a explicação para isso seja a tentativa de aprovar a medida por meio de etapas, iniciando pelos privilégios (como explicou Bolsonaro), pode-se dizer que essa estratégia é equivocada.

As reformas nos sistemas de Previdência Social são um tema polêmico em todo o mundo e, consequentemente, acabam consumindo uma boa parte das parcelas de capital político dos chefes de governo. Por esse motivo, o ideal é que sejam elaboradas em um projeto único, que contenha o maior número de pontos que demandam um aperfeiçoamento ou mudança.

Um exemplo de reforma “fatiada” que acabou não dando muito certo foi a promovida pelo presidente da Argentina, Maurício Macri. O seu projeto de mudança em etapas acabou gerando um grande desperdício de capital político nas várias tentativas que foram feitas. O resultado foi a frustração das expectativas dos investidores e do mercado financeiro, fato que acabou contribuindo para gerar uma grave crise que obrigou o país a recorrer ao FMI. Para se evitar uma fuga de recursos para o exterior, o governo precisou aumentar bruscamente a taxa de juros do país.

Outro ponto acerca dessa reforma “fatiada” é que ela levaria mais tempo do que o normal para que chegue a uma aprovação final, fato que poderia atropelar a agenda do governo no que diz respeito às outras reformas, como a tributária, pois, assim como a reforma da Previdência, demanda a elaboração de uma emenda constitucional, processo cujo rito de aprovação é complexo e bastante demorado.

previdenciabandeira 1024x565 - Especialistas apontam que a reforma da Previdência deve ser feita em um único projeto
Crédito da imagem: Reprodução/Internet

Caso Bolsonaro não desista da sua ideia de “fatiar” a reforma da Previdência, o que resta ao novo presidente é convencer a opinião pública e, em especial, o mercado financeiro, de que a sua proposta é o melhor caminho para a promoção da reforma do sistema previdenciário brasileiro. O que, até o momento, tem sido difícil de entender.

Mudando de assunto…

Que tal descobrirmos o seu perfil de investidor? O teste é fácil e rápido… Faça agora mesmo!

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Tags
Mostrar mais

Késia Rodrigues - Colaboradora Independente

Colaboradora Independente do Portal EuQueroInvestir e leitora assídua de conteúdos sobre economia e política. Apaixonada por literatura, viagens, tecnologia e finanças.

Artigos Relacionados

Close