Equilíbrio na economia marca primeiro ano do governo Bolsonaro

Marcelo Hailer Sanchez
null

Crédito: Cristiano Mascaro/Portal da Copa 2014

Uma análise de 104 indicadores feito pelo jornal Folha de São Paulo mostra que, em seu primeiro ano, o governo Bolsonaro possui melhoras nas estatísticas de criminalidade, emprego (ainda que de maneira tímida) e equilíbrio na economia.

O governo federal encerrou o seu primeiro ano com uma piora nas áreas de assistência social, educação e meio ambiente, segundo o estudo feito pela Folha.

Um dos principais programas na área social, o programa Bolsa Família voltou a ter fila de espera e, mesmo com o pagamento do 13º, o governo congelou o programa em regiões mais carentes.

Outro destaque da pesquisa é o programa Minha Casa Minha Vida, principalmente na Faixa 1, voltada às famílias mais pobres. O número de imóveis entregues recuou 57%.

No caso da Amazônia, o levantamento da Folha de São Paulo revela que o desmatamento cresceu 29,5% e as queimadas, 86%.

Por sua vez, os indicadores da economia encerraram 2019 em igualdade: 28 melhoraram e 28 pioraram.
Entre os dados positivos, destaque para o avanço nos resultados da Bolsa, que atingiu 115 mil pontos. Também houve redução de 207 para 99 pontos no risco-país, medição informal de confiança dos investidores.

Estatísticas consolidadas pelo Ministério da Justiça revelam redução de 22% nos homicídios dolosos e latrocínios.

O Palácio do Planalto não comentou o levantamento.


Aproveite as oportunidades e aumente a rentabilidade dos seus investimentos.

Preencha seus dados abaixo e conte com especialistas para ajudar.

Se preferir, ligue direto para 4007-2374