Entrada de capital estrangeiro na B3 atinge R$ 2,87 bi; veja mais notícias

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 7 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

O investidor estrangeiro aportou R$ 2,87 bilhões na B3 no mês passado, resultado de R$ 282,43 bilhões em compras e R$ 279,56 bilhões em vendas.

Dessa forma, outubro foi o melhor mês de entrada de capital estrangeiro neste ano e também com o maior aporte desde setembro de 2018, quando a entrada de fluxo estrangeiro atingiu R$ 3,28 bilhões.

Acordo derruba prorrogação do seguro-desemprego

Um acordo entre governo e empresários derrotou ontem (4) a proposta dos sindicatos de pagar em 2020 mais duas parcelas do seguro-desemprego para pessoas demitidas durante de 20 de março a 31 de julho. A extensão do benefício custaria R$ 7,3 bilhões.

Confira os melhores momentos da Money Week

A proposta foi analisada na reunião do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).

Caixa dos Estados é recorde, diz Tesouro

Os Estados estão, em conjunto, com o maior nível de disponibilidade de caixa da história, conforme dados do Tesouro Nacional. A cifra verificada no segundo quadrimestre de 2020 foi de R$ 165,8 bilhões, 35% acima do verificado em 2019 e 77,7% maior do que em 2015. A série tem início em 2000. As informações são do Valor.

Economia prevê PIB de 3% em 2021

A Secretaria de Política Econômica (SPE) do Ministério da Economia publicou um documento com projeção de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) acima de 3% em 2021.

BDRs| Confira os papéis disponíveis para Investimentos

De acordo com a SPE, o crescimento se baseia em três fatores principais: emprego, crédito e consolidação fiscal. O documento alega que o atual nível de desemprego é resultado dos impactos da pandemia principalmente sobre o emprego informal. Por isso, a equipe econômica aposta em uma retomada mais forte dos empregos sem carteira assinada já a partir do fim de 2020.

Reajustes no aço atingem 40% em 2020

Segundo o Valor, a alta dos custos com matéria-prima para a produção do aço em 2020 atingiu aproximadamente 40%. Isso fez com que as siderúrgicas no Brasil promovessem reajustes sucessivos este ano.

Comércio se prepara para trabalhar com o Pix

Com a proximidade início do funcionamento do Pix, o sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central, o comércio se prepara para mudanças no pagamento à vista. Isso porque os pagamentos poderão ser feitos pelo celular, substituindo o dinheiro e o cartão de débito, usando, principalmente, um QR Code – o Quick Response Code, ou código de resposta rápida.

O Pix deve mudar a rotina nos estabelecimentos, com menos circulação de cédulas e maquininhas deixadas de lado.

Mas, segundo reportagem do Estadão, a única certeza é que os custos operacionais vão diminuir, o fluxo de caixa vai ficar mais ágil e até mesmo novas estratégias de negócio vão surgir.

Brasil terá moeda digital, afirma Guedes

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta quarta-feira (04) que o país terá uma moeda digital.

Segundo ele, o projeto já está em estudo no Banco Central (BC), que vê a moeda digital como uma consequência do processo de digitalização do mercado financeiro que está ganhando força com o Pix.

Inflação é temporária, diz BC

O presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, afirmou ontem (4) que a alta recente da inflação é temporária, e minimizou a duração de todas as frentes de pressão sobre os preços. Mas frisou que o BC monitora o movimento, conforme informou a Folha de S. Paulo.

Atualização Covid-19

O Brasil teve 610 óbitos confirmados por Covid-19 nas últimas 24 horas, elevando o total de vítimas a 161.106. Os novos casos positivados foram 23.976, de um total de 5.590.025.