Eneva (ENEV3) lucra 279% a mais no balanço do 4ºTRI

Felipe Alves
Jornalista com experiência em reportagem e edição em política, economia, geral e cultura, com passagens pelos principais veículos impressos e online de Santa Catarina: Diário Catarinense, jornal Notícias do Dia (Grupo ND) e Grupo RBS (NSC).
1

Crédito: Divulgação

A Eneva (ENEV3) apresentou um lucro líquido ajustado de R$ 268,5 milhões no 4º trimestre de 2019, valor 279,6% maior do que o mesmo período do ano passado. No 4ºTRI 2018, a empresa faturou R$ 70,7 milhões.

Em 2019, o lucro líquido da Eneva alcançou R$ 514,3 milhões. O valor é 67,2% maior em relação a 2018, quando a empresa faturou R$ 307,6 milhões.

O lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização (EBITDA, na sigla em inglês) ajustado somou R$ 464 milhões no 4ºTRI19, uma alta de 49,2% comparado ao mesmo trimestre de 2018. No ano, o EBITDA ajustado da Eneva fechou em R$ 1,43 bilhão. O valor é 0,6% maior do que os R$ 1,42 milhões de 2018.

Conheça planilha que irá te ajudar em análises para escolha do melhor Fundo Imobiliário em 2021

A margem EBITDA ajustada no 4ºTRI19 foi de 41,7%, 0,3 pontos percentuais menor do que o 4ºTRI18. No ano, a margem EBITDA ajustada subiu de 43,1% (2018) para 45,7% (2019).

Já a receita líquida da Eneva aumentou de R$ 740,7 milhões (4ºTRI2018) para R$ 1,11 bilhão (4ºTRI2018). No comparativo dos anos, a receita diminui, saiu de R$ 3,3 bilhões (2018) para R$ 3,1 bilhões (2019).

A dívida da empresa subiu de R$ 2,6 milhões (4ºTRI18) para R$ 2,8 milhões (4ºTRI19), um aumento de 6,8%.