Energisa (ENGI11) tem lucro 47,6% menor no quarto trimestre

Osni Alves
Jornalista (2007); Especializado em Comunicação Corporativa e RP (INPG, 2011); Extensão em Economia (UFRJ, 2013); Passou por redações de SC, RJ e BH (oalvesj@gmail.com).
1

Crédito: Wikipedia

A distribuidora de energia Energisa (ENGI11) reportou queda de 47,6% no lucro líquido do quarto trimestre de 2019 ante igual período de 2018. Isso porque a companhia alcançou R$ 353,3 milhões contra os R$ 527,2 milhões do ano anterior.

Outro indicador que recuou foi o Ebitda ajustado (Lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização). Foram 44,2% menos no quarto trimestre de 2019 frente igual período de 2018, quando a empresa marcou R$ 1056,1 milhão contra R$ 1892,1 milhão do ano anterior.

Consumo de energia elétrica caiu 2% em fevereiro.

Dois marcadores que cresceram foram o endividamento líquido e o investimento. O primeiro teve alta de 26,1% no quarto trimestre de 2019, alcançando R$ 13,677 milhões contra os R$ 10,845 milhões do ano anterior. Já o segundo subiu 41,7% no período, com R$ 997,8 milhões.

O Grupo Energisa é uma holding de capital aberto composta por 18 empresas, sendo 13 delas de distribuição de energia elétrica, o que a torna o sexto maior conglomerado no seu segmento. São seis milhões de clientes que atendem 16 milhões de pessoas.