Península, de Abilio, quer competir com outras gestoras

Paulo Amaral
Jornalismo é meu sobrenome: 20 anos de estrada, com passagens por grandes veículos da mídia nacional: Portal R7, UOL Carros, HuffPost Brasil, Gazeta Esportiva.com, Agora São Paulo, PSN.com e Editora Escala, entre outros.
1

Crédito: Divulgação/Kiko Ferrite.

A O3 Capital é a nova gestora de investimentos da Península Participações, empresa da família do bilionário Abílio Diniz, para aumentar o leque do mercado.

Fundada em 2006 por Abílio, a Península tem como maiores posições os papéis do Carrefour e na BRF. O total de recursos próprios é de cerca de R$ 12 bilhões, incluindo todas as classes de ativos.

Simule seus investimentos com um especialista e confira as melhores opções de acordo com seu perfil

Apesar de, na prática, já existir há sete anos, apenas agora ela será aberta para receber recursos não privados, ou seja, de fora da família.

“Iremos competir com outras gestoras, sim”, disse Abílio a um grupo de jornalistas, nesta quinta-feira.

Eduardo Rosi, vice-presidente do conselho de Administração da Península, explicou a mudança de rumo.

“É uma gestora com certa história. Está no forno essa ideia há muito tempo. Estamos abrindo para captação de terceiros, para o público em geral investir junto com o Abílio Diniz.

Abílio Diniz não estipula meta de captação

Abílio Diniz disse que não há uma meta de captação estipulada, mas a gestora terá um início com investimentos de R$ 1,5 bilhão da Península.

Daniel Mathias, gestor do fundo, afirmou que a visão é global e que hoje ele está bem posicionado no Estados Unidos.

Além da Península, há um investimento de R$ 250 milhões de “pessoas próximas”.

O “novo” fundo já está disponível em casas como BTG Pactual, Warren, Modalmais e Banco Inter.

O investimento mínimo é de R$ 1 mil, com uma taxa de administração de 2% e taxa de performance de 20%.

“Queremos democratizar o fundo”, afirmou o diretor de Relações com Investidores da Península, Paulo Castilho.

 

Cases da Bolsa

Aprenda análise fundamentalista de ações na prática, com maiores cases já criados na B3