Embraer (EMBR3) tem mudança acionária; Romi (ROMI3) contrata linha de crédito

Regiane Medeiros
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Wikipedia

A Embraer (EMBR3) comunicou que recebeu correspondência da acionista Hotchkis and Wiley (H&W), situada em Los Angeles, EUA, informando sobre mudança acionária.

Assim sendo, a acionista reduziu sua participação acionária para 4,99% do total de ações da Embraer.

A H&W declara, ainda, que a mudança na fatia da Embraer não objetiva alterar a composição do controle ou a estrutura administrativa da companhia.

Romi (ROMI3) anuncia contratação de linha de crédito

O conselho de administração da Romi (ROMI3) aprovou nesta quarta-feira (2) a contratação de linha de crédito junto ao Banco Bradesco no valor de até US$ 2,96 milhões, com prazo de até 360 dias.

Além disso, foi aprovado a contratação de linha de crédito junto ao Banco do Brasil no valor de até US$ 2,8 milhões, com prazo de até 240 dias.

Vivara (VIVA3) esclarece questionamento da CVM sobre oscilações atípicas

A Vivara (VIVA3) foi a público na noite de quarta-feira (2) para prestar esclarecimentos ao questionamento da CVM sobre as últimas oscilações registradas com as ações da companhia.

Por meio de ofício, a B3 solicitou que a Vivara justificasse a grande oscilação no número de negócios e no volume negociado das ações da companhia.

Entre os dia 31 de agosto e 01 de setembro, o volume negociado de ações ordinárias da Vivara saltou de uma média de R$ 67 milhões para R$ 102 milhões.

Ao mesmo tempo, a quantidade de ações negociadas passou de 2,91 milhões para 4,06 milhões.

No dia 01 de setembro, as ações ordinárias da companhia registraram alta de 9,84%.

Em resposta, a Vivara informou que as ações da companhia foram incluídas em carteiras recomendadas para o mês de setembro, por determinadas casas de análises, o que pode ter afetado as negociações e contribuído para as oscilações verificadas.

Além disso, a Vivara mencionou a tendência de alta na cotação de ações de outras companhias do mesmo segmento, o que também pode justificar movimentos identificados nas ações de emissão da Companhia.

**Conteúdo atualizado às 10h20 para correção de informação sobre Romi (ROMI3).