Embraer (EMBR3) reverte lucro para prejuízo de R$ 865,5 milhões no 4TRI19

Cláudia Maia
null

Crédito: Reprodução/Agência Brasil

A Embraer registrou prejuízo líquido de R$ 865,5 milhões no quarto trimestre de 2019, revertendo o lucro de R$ 3,3 bilhões do mesmo período de 2018, de acordo com balanço divulgado na manhã desta quinta-feira (26).

O Ebitda (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado foi de R$ 270,7 milhões no quarto trimestre, uma queda de 46,16%.

A margem Ebitda passou de 7,8% para 3,2% entre os dois períodos.

A receita líquida ficou em R$ 8,585 bilhões, alta de 32,5%.

Ano

Em 2019, o prejuízo líquido da Embraer foi de R$ 740,9 milhões, aumento de 40,61%.

O Ebitda ficou em R$ 725,6 milhões, queda de 57,66%, com margem de 3,3%, contra 9,2% de 2018.

A receita líquida atingiu R$ 21,802 bilhões, alta de 16,45%.

Guidance e coronavírus

A empresa informou que, em razão dos efeitos da pandemia do coronavírus, suspendeu suas estimativas atualizadas em 12 de novembro de 2019 para os resultados de 2020. Na ocasião, a receita líquida esperada era de US$ 2,5 bilhões a US$ 2,8 bilhões; a margem Ebit era de 2% a 5%; o fluxo de caixa livre de aproximadamente zero e o pagamento de um dividendo especial entre US$ 1,3 bilhão e US$ 1,6 bilhão.

Até o momento, as atividades essenciais continuam operando normalmente, de acordo com a companhia. Alguns empregados trabalham em home office e os que não podem trabalhar remotamente nas unidades brasileiras estão em afastamento remunerado até o dia 31 de março. A empresa avalia adotar a mesma medida no exterior. A Embraer afirma que não há como garantir, neste momento, até que ponto o Cpvid-19 e as medidas para tentar contê-lo afetarão a companhia”.

Entregas

No quarto trimestre, a Embraer entregou 35 aeronaves comerciais e 46 executivas (20 jatos leves e 26 grandes) e no acumulado de 2019 foram 89 aeronaves comerciais e 109 executivas (62 leves e 47 grandes). O resultado ficou dentro das estimativas anuais da Embraer de entregar entre 85 e 95 jatos comerciais e de 90 a 110 jatos executivos. Em 2018, a Embraer entregou 90 aeronaves comerciais e 91 executivas (64 leves e 27 grandes).

A carteira de pedidos firmes estava em US$ 16,8 bilhões no final do trimestre, um crescimento de 3% em relação ao quarto trimestre de 2018.

 

Fonte: Embraer

Investimentos

Em 2019, a companhia investiu R$ 1,104 bilhão em desenvolvimento de produtos, contra R$ 641,0 milhões investidos em 2018. Os recursos se destinaram principalmente ao desenvolvimento do programa dos E-Jets E2, no segmento de Aviação Comercial.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Dívida

A Embraer encerrou o quarto trimestre com um total de financiamentos de R$ 13,673 bilhões de prazo médio de quase cinco anos (R$ 14,669 bilhões em 2018), o que significou uma dívida líquida de R$ 2,468 bilhões, frente a R$ 5,610 bilhões ao final do terceiro trimestre de 2019.

Fonte: Embraer

 

 


Aproveite as oportunidades e aumente a rentabilidade dos seus investimentos.

Preencha seus dados abaixo e conte com especialistas para ajudar.

Se preferir, ligue direto para 4007-2374