Embraer (EMBR3) renova acordo; CSN (CSNA3) emite debêntures

Matheus Gagliano
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Embraer/Divulgarção

A Embraer (EMBR3) renovou acordo para o Programa Pool com a TAP Express, subsidiária da TAP. Contrato inclui suporte para componentes da frota E-Jets. Atualmente, o programa atende 50 companhias aéreas em todo o mundo.

CSN (CSNA3) emitirá R$ 1,5 bilhão em debêntures

A Companhia Siderúrgica Nacional – CSN (CSNA3) aprovou a emissão de R$ 1,5 bilhão em debêntures, em série única. Cada papel será vendido a R$ 1 mil e as debêntures terão prazo de vencimento de sete anos, contados da data da emissão. Os recursos obtidos com a captação serão utilizados para financiamento de capital de giro e fins corporativos diversos.

Praticidade e precisão, saiba quais melhores investimentos e como melhorar rentabilidade de suas ações

Banco do Nordeste (BNBR3) suspende follow-on

O Banco do Nordeste (BNBR3) informou que suspendeu o follow-on do banco que estava previsto. Estudos internos serão realizados para verificar a viabilidade da operação.

Terra Santa Agro (TESA3) informa sobre aprovação de fechamento de capital

A Terra Santa Agro S.A.(TESA3) informou que a CVM – Comissão de Valores Mobiliários – aprovou o fechamento de capital da empresa. Com isso, a companhia deixa de ter ações de sua emissão listadas para a negociação na bolsa de valores.

EDP Brasil (ENBR3) informa listagem na Latibex

A EDP Brasil (ENBR3) informou que foi aprovado o pedido de incorporação das ações ordinárias (ON) da empresa no segmento Latibex, da Bolsa de Madri (ESP). O início das operações está previsto para o próximo dia 27, sob o código XENBR.

Melhoramentos (MSPA3; MSPA4) capta R$ 100 milhões em CRIs

A Companhia Melhoramentos (MSPA3; MSPA4) captou R$ 100 milhões por meio de cessão de Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI), ofertados de forma restrita. Os papéis terão prazo de dez anos de vencimento e remuneração equivalente a 8,0804% ao ano.

Centro de Imagem Diagnósticos (AALR3) informa transação entre acionistas

A Centro de Imagem Diagnósticos (AALR3) informou que recebeu comunicado sobre transação de ações da empresa entre acionistas. Os fundos Pátria, Fundo de Diagnósticos para o Brasil, Pátria Economia Real e Brasil Private Equity venderam 25.012.323 ações para a Fonte de Saúde Fundo de Investimentos em Participações Multiestratégia.

Adicionalmente, a Mam Asset Management Gestora de Recursos informou ainda que passou a deter uma participação de 32.302.023 de ações da empresa, correspondendo a uma fatia de 27,31% do total de papéis ON.

Randon (RAPT4) divulga prévias dos resultados até setembro

A Randon (RAPT4) divulgou as prévias de seus resultados anuais até setembro. Entre janeiro e setembro, a companhia atingiu receita bruta total de R$ 9,4 bilhões. É um aumento de 86% frente ao mesmo período do ano passado, quando foi de R$ 770 milhões.

Já a receita líquida consolidada subiu 80,1% na mesma base de comparação. Esta passou de R$ 553,8 milhões para R$ 822,3 milhões neste ano.

Fras-Le (FRAS3) divulga prévia de receitas de 2021

A Fras-Le (FRAS3) divulgou a prévia de seu resultado operacional no acumulado do ano. Até setembro, a fabricante de peças registrou receita bruta total de R$ 2,7 bilhões ante R$ 1,5 bilhão do mesmo período do ano passado. O que representa um aumento de 76,1%.

Sobra a receita líquida consolidada, esta atingiu R$ 1,8 bilhão contra R$ 1,075 bilhão do mesmo período do ano anterior. O que dá uma elevação de 76,4%.

Eletrobras (ELET3; ELET6) informa sobre reunião do CNPE

A Eletrobras (ELET3; ELET6) informou que o Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) se reunirá para deliberar sobre os parâmetros a serem utilizados na definição do preço da energia da usina Angra 3. O preço será resultante de estudos do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Tenda (TEND3) registra 50% de vendas de novo empreendimento em SP

A Tenda (TEND3) registrou 50% de vendas de um novo empreendimento imobiliário em Santa Bárbara D´Oeste, no interior de São Paulo. O projeto é da Alea, uma startup de habitação da empesa dedicada à construção de condomínios de casas.