Em mais um dia de tensão, investidor deve manter a calma e seguir plano inicial

Natalia Gómez
Editora, é jornalista especializada no mercado de investimentos há 17 anos. Formada pela PUC-SP, teve experiências em veículos como Agência Estado, Valor Econômico e Revista Você SA; e na área de comunicação corporativa e relações públicas para instituições financeiras.
1

A semana começou com mais um dia de tensão nos mercados, em meio aos desdobramentos da pandemia do coronavírus. E tudo indica que a semana será conturbada.

Mais uma vez, o circuit braker foi acionado. Na semana passada, as negociações foram paralisadas quatro vezes depois de quedas superiores a 10%. Na quinta-feira, foram dois circuit brakers, algo que não ocorria desde 2008.

Diante deste cenário, é natural que o investidor fique inseguro e se pergunte qual é a melhor atitude a tomar neste momento. Confira algumas orientações para passar por este momento sem prejudicar seus investimentos:

Confira principais Ações para investir em Outubro

Mantenha a calma

O pior erro que um investidor da bolsa de valores pode fazer é comprar uma ação em momento de alta e vender na hora da baixa.

Pode até parecer óbvio, mas este erro fica mais comum em momentos como hoje, quando os agentes da economia ficam menos racionais.

Para evitar fazer um mau negócio, lembra-se de que suas ações só trarão prejuízo se você realizar a sua perda, ou seja, vender a ação.

Monitore completamente sua Carteira

Se você permanecer com suas ações em carteira, poderá vendê-las apenas no futuro, quando houver uma melhora no mercado.

Lembre-se do seu plano de investimentos

Em momentos como o atual, é importante ter em mente qual é o seu plano de investimentos. Os aportes em ações são sempre feitos pelos investidores comuns pensando no longo prazo.

Foque no seu objetivo que está la na frente e aguarde para vender suas ações quando o mercado melhorar.

Durante crises, os preços das ações tendem a ficar abaixo do seu valor patrimonial, e este desconto exagerado não vai durar para sempre.

Por mais difícil que seja prever o que vai acontecer, os especialistas relembram sempre que a tendência é de recuperação das boas ações no longo prazo.

E quem ainda não entrou?

Quem ainda não tem ações em bolsa pode aproveitar a baixa atual para entrar no mercado.

No entanto, isso só vale para quem pode deixar o dinheiro investido em ações no longo prazo. Para quem precisa sacar o dinheiro em pouco tempo, este conselho não é válido.

Para ter uma ideia, um levantamento feito pela XP Investimentos com 30 gestores de ações mostrou que a maioria acredita que vai levar pelo menos um ano para a bolsa voltar aos níveis que estava antes do carnaval, ou seja, em 115 mil pontos.

Momento de rebalancear

Rebalancear a sua carteira de investimentos é importante para manter um portfólio saudável. Caso você tivesse 30% do seu portfólio em ações antes da crise, certamente viu esta fatia diminuir nos últimos dias. Pode ser que isso se acentue ainda mais.

Para manter o equilíbrio da sua carteira, você deve recompor esta fatia de ações. Os especialistas recomendam que você faça essa revisão periodicamente, a cada três ou seis meses.

Ou seja, procure manter sua carteira como você havia previsto anteriormente. Sem deixar que a fatia de ações diminua ou aumente muito em relação ao que você havia planejado.