Em janeiro, demanda por crédito do consumidor cresceu 1,2%

Sabrina Oliveira
Colaborador do Torcedores
1

Foto: crédito

A demanda por crédito ao consumidor aumentou 1,2% em janeiro em relação a dezembro, o que levou em consideração os efeitos sazonais. Na comparação com janeiro de 2019, o indicador caiu 2,1% e no no acumulado em 12 meses, o crescimento foi de 3,3%, de acordo a pesquisa de dados nacionais da Boa Vista.

No acumulado em 12 meses, aumentou 3,3%. Considerando os segmentos de mercado que compõem os indicadores, com base na mesma comparação, os financeiros cresceram 5,5% em 12 meses, enquanto os não financeiros cresceram 1,8%.

A trajetória desse indicador nos últimos meses mostra que a taxa de crescimento da demanda por crédito se estabilizou e também reflete o crescimento tímido da economia e a alta taxa de desemprego e a subutilização do trabalho que enfraquecem o mercado de trabalho, além da necessidade de melhorar o mercado de trabalho, avaliações aprimoradas da recuperação econômica e redução dos compromissos de dívida e renda são fatores importantes que reduzem a vigilância do consumidor, o que afetou as mudanças na demanda de crédito.

Após queda em dezembro, o indicador foi afetado pelo setor não financeiro em janeiro e iniciou o ano com variações positivas, refletindo a manutenção de sua taxa de crescimento. Portanto, nos próximos meses, a melhora na perspectiva do consumo e taxas de juros em declínio podem beneficiar a demanda de crédito.

Veja abaixo tabela contendo o resumo dos dados apresentados:


Aproveite as oportunidades e aumente a rentabilidade dos seus investimentos.

Preencha seus dados abaixo e conte com especialistas para ajudar.

Se preferir, ligue direto para 4007-2374