Em edição extra no Diário Oficial, Governo publica acordo firmado com caminhoneiros

Depois do anúncio em rede nacional na noite deste domingo (27), o governo publicou as medidas acordadas com as lideranças dos caminhoneiros em uma edição extra do Diário Oficial da União. Essa era mais uma exigência da categoria para o fim da greve, que completa oito dias nesta segunda-feira (28).

Patrícia Auth
Patrícia Auth é jornalista formada pela Univali de Itajaí/SC. Trabalhou em impressos, como o Jornal de Santa Catarina, e também, como repórter na Rede Record e RBS TV. É casada, mãe da Lívia e adoradora de boa música e gastronomia.Na equipe EuQueroInvestir, é responsável pela produção de vídeos, e também escreve e edita artigos para o site.Entre em contato com a Patrícia pelo e-mail: patricia.auth@euqueroinvestir.com

Uma das medidas acertadas entre governo e caminhoneiros estabelece que 30% dos fretes da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) sejam feitos por caminhoneiros autônomos. Além disso, houve acerto na redução de R$ 0,46 no preço do litro do diesel por 60 dias, e também a isenção de pagamento de pedágio para eixos suspensos de caminhões vazios.

Os caminhoneiros só vão aceitar o acordo quando saírem no Diário Oficial as medidas que foram negociadas, disse José da Fonseca Lopes, presidente da Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam).

Só que mesmo com a publicação feita ainda na noite deste domingo, a semana começou com protestos em 18 estados e também no Distrito Federal, aumentando ainda mais os prejuízos em todo o Brasil.

No Rio de Janeiro, o transporte público funciona apenas com 40% da frota. Aulas foram cancelas em escolas públicas, particulares e universidades do país. Hospitais estão limitando o atendimento por escassez de material e falta combustível em praticamente 100% dos postos brasileiros.

A expectativa de todos é pelo fim da greve. Porém, a normalização do abastecimento e das atividades dos caminhoneiros deve demorar entre oito e 10 dias, segundo líderes da categoria.

Enquanto a greve não termina…

Aproveite e faça o nosso teste de perfil. É de graça e você já pode ir planejamento o seu investimento.

[banner id=”teste-perfil”]

Quando e onde investir

O primeiro passo sempre será conhecer seus limites, sua tolerância a risco. Não entender seus próprios limites pode levá-lo a tomar as piores decisões com seus investimentos.

Por este motivo, sugerimos que todo investidor - experiente ou iniciante - conheça seu perfil. Se busca obter ganhos mais altos aceitando certa volatilidade ou se prefere maior segurança com retornos garantidos.

Entender mais profundamente o seu perfil como investidor e seus objetivos quanto a prazos de investimentos é uma tarefa um pouco mais sofisticada que um teste feito em qualquer ferramenta na internet, exige uma análise mais criteriosa e dedicada para cada pessoa.

os perfis de investidores

Para ter uma visão precisa do perfil é preciso considerar histórico como investidor, fatores pessoais e até profissionais que um teste da internet não considera.

Esta é a função do Assessor de Investimentos

Entender o investidor em uma profundidade maior que um teste de perfil na internet. É a nossa função como uma empresa especializada em educação financeira.

O primeiro passo é fazer uma conversa de 5 a 10 minutos com um membro da nossa equipe para levantar as primeiras informações e então agendar a conversa com um Assessor de Investimentos. É ele quem vai se aprofundar no seu histórico como investidor, seu momento de vida, seus planos futuros e então te indicar para produtos recomendados para seu perfil de investidor.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Confirme seus dados no formulário abaixo e nossa equipe vai entrar em contato com você para fazer a avaliação de seu perfil e avaliar o alinhamento com seus atuais investimentos.