Em breve, mutuários poderão tirar hipotecas acima de US $ 500 mil nos EUA

Jéssica De Paula Alves
Jornalista e produtora de conteúdo

Crédito: Freepik

A Agência Federal de Financiamento da Habitação aumentou o limite máximo de empréstimos nos EUA. Isso significa que hipotecas que seguem os padrões da Fannie Mae e Freddie Mac poderão ter habitação acima de US $ 500.000 em 2020. A informação foi divulgada no site Marketwatch.

Todavia, em áreas de alto custo, o limite máximo de empréstimo para hipotecas adquiridas pela Fannie Mae e Freddie Mac será de US $ 765.600. O FHFA publicou uma lista completa dos limites de empréstimos para cada município em todo os Estados Unidos, para referência aos mutuários.

A lei permite que os limites de empréstimos em conformidade devem ser ajustados para refletir as mudanças nos preços das casas nos EUA. Mas os dados mostraram que os os preços das casas aumentaram, em média, 5,38% entre o terceiro trimestre de 2018 e 2019.

Portanto, diz o site, os limites de empréstimos aumentaram em porcentagem. Este é o quarto ano consecutivo em que o limite de empréstimo em conformidade aumentou. Entre 2006 e 2016, o FHFA manteve limites de empréstimo em US $ 417.000