Elon Musk: o agora “bilionário verde” está em todas, de GameStop a AI

Paulo Amaral
Jornalismo é meu sobrenome: 20 anos de estrada, com passagens por grandes veículos da mídia nacional: Portal R7, UOL Carros, HuffPost Brasil, Gazeta Esportiva.com, Agora São Paulo, PSN.com e Editora Escala, entre outros.
1

Crédito: Divulgação

O empresário Elon Musk, o homem mais rico do mundo, com patrimônio avaliado em US$ 188,5 bilhões, não teve do que reclamar de 2020. E, em 2021, continua dando o que falar.

No ano passado, enquanto muitos amargavam os efeitos da pandemia de coronavírus, Musk teve o que se pode chamar de um ano suave.

As ações da sua Tesla (TSLA 34), de carros elétricos, valorizarem 660%. A empresa passou a Ford e se tornou a maior montadora do mundo.

Abra agora sua conta na EQI Investimentos e tenha acesso a opções de investimentos de acordo com seu perfil. Invista em suas Escolhas

A marca norte-americana de veículos vendeu 367 mil unidades em 2019 e, em 2020, apesar de ter sido obrigada a fechar parte das fábricas por conta da pandemia, cumpriu a meta de entregar mais de meio milhão de veículos elétricos até dezembro.

Space X

Mas a Tesla não foi sua única alegria. Em maio do ano passado, Musk realizou um dos maiores projetos de sua vida, à frente da Space X. A empresa aeroespacial fez sua primeira missão tripulada ao espaço.  Em uma parceria com a Nasa, enviou dois astronautas para a órbita terrestre,  tornando-se a primeira empresa privada a conseguir esse feito.

Ainda considerada um negócio de risco, a Space X vem ganhando a confiança dos investidores e já está avaliada em US$ 44 bilhões.

Mas nem tudo foram fores. Em meados de setembro, Musk viu sua fortuna derreter US$ 16,3 bilhões em um único dia. Foi uma queda inédita segundo a Bloomberg.

Isso se deu porque na terça-feira, dia 8 de setembro, a Tesla perdeu 21% de seu valor de mercado. Os investidores reagiram ao anúncio de uma parceria entre a Nikola Corp e a General Motors. Na semana anterior, a companhia já havia sofrido um revés. A Tesla chegou a ser rejeitada no índice S&P 500, antes de, finalmente entrar.

Bilionário verde

Mal 2021 começou e Elon Musk já domina as manchetes. Recentemente, ele ganhou o apelido de “bilionário verde”, sendo considerado líder do ranking Bloomberg Green, que enumerou os 15 bilionários com parte de suas fortunas investidas em negócios ligados ao clima.

Segundo a publicação, dos US$ 199,2 bilhões que Musk têm de patrimônio, 91% são relacionados ao mundo verde: desenvolvimento de carros elétricos, energia solar, etc. A SpaceX, no entanto, não faz parte do conglomerado.

Neuralink e GameStop

Outra das últimas façanhas do bilionário está relacionada a uma empresa que ultimamente não vinha sendo muito falada: a Neuralink.

Musk é admirador da Inteligência Artificial. Por conta disso, tem investimentos voltados para a área, como, por exemplo, o Project Vicarious e à citada Neuralink. Essa empresa  quer criar uma rede neural mundial para “ligar” seres humanos e internet. E o primeiro passo pode estar mais próximo.

De acordo com Elon Musk, a companhia, que é focada em implantes tecnológicos, implantou com sucesso um chip no cérebro de um macaco, que agora tem a capacidade de jogar videogame. Isso mesmo.

“Uma das coisas que estamos tentando descobrir é como podemos ter macacos jogando Pong uns com os outros. Isso seria legal”, declarou o bilionário, garantindo que o animal submetido à experiência “não ficou desconfortável ou agindo esquisito” após o procedimento.

Segundo Elon Musk, a experiência realizada pela Neuralink vai muito além de “dar a um macaco a destreza para jogar videogame”, e terá um potencial significativo para a ciência.

“Essa tecnologia poderia proporcionar uma simbiose entre máquina e mente humana, permitindo armazenamento e reprodução de memórias, ajudando a curar paralisia, cegueira, perda de memória e outras doenças nervosas”, projetou.

Elon Musk também influenciou diretamente no caso da GameStop. Na terça (26), Musk foi à rede social e escreveu “Gamestonk!!, lincando à postagem  para o grupo de discussão Wall Street Bets, da rede social Reddit.

“Stonks” é um termo muito usado em memes, de forma pejorativa, para falar sobre ações.

Com este “empurrãozinho” de Musk, que tem milhares de seguidores, o grupo formado por pequenos investidores conseguiu o feito de valorizar em 1600% no período de um mês as ações de uma rede de lojas de games nada promissora. O que, claro, causou um rebuliço nos mercados.

Origens de Musk

Elon Musk nasceu em 1971 na África do Sul. Sua mãe Maye Musk é modelo e nutricionista. Seu pai, Errol,  é um engenheiro eletromecânico. Os dois se separaram quando Musk e seus dois irmãos ainda eram crianças.

Na infância, diz ter sofrido bullyng na escola e não traz boas lembranças do tempo em que morou com o pai. Sem muitos amigos, dedicava seu tempo aos livros e aos computadores. Aos 12 anos, já sabia programar e desenvolvia seus próprios jogos eletrônicos.

Para realizar coisas grandes, decidiu que precisava sair da África do Sul e, aos 17 anos, foi estudar física e economia na Queen’s University of Ontario. Do Canadá, anos depois, mudou-se para os EUA. Chegou a iniciar um Ph.D em física, na Universidade de Stanford, mas acabou desistindo.

Musk e o irmão criaram uma empresa chamada Zip2, uma plataforma com informações online que eles vendiam para jornais. O negócio foi vendido por cerca de US$ 300 milhões quando Musk tinha apenas 28 anos de idade.

Já milionário, ele seguiu empreendendo. Criou uma empresa de serviços financeiros, a X.com, que mais tarde também seria vendida. A junção das duas companhias deu origem ao Pay Pal. Em 2002, quando o Ebay comprou a empresa de pagamentos, Musk vendeu sua participação de 11% por US$ 165 milhões.

“Homem de Ferro” da vida real

A história de Musk estava só começando. No início dos anos 2000, o empresário passa a dedicar a vida – e sua fortuna – a negócios que têm como foco a sobrevivência da humanidade.

Com isso em mente, ele funda  a Space X e passa a comandar a Tesla.

O bilionário também tem parte de sua fortuna investida em outras empresas, como: Surrey Satellite TechnologySolarCity e The Boring Company.

Elon Musk é um empreendedor nato, admirador da inovação e da tecnologia. Tamanha paixão por esse campo rendeu a ele nada menos do que o apelido de “Homem de Ferro” da vida real.

E não é brincadeira. Musk serviu de inspiração para o ator Robert Downey Jr. na interpretação do personagem Tony Stark, que deu vida ao Iron Man nas telas de cinema.

Turistas no espaço: missão 2021

Depois de se tornar a primeira empresa privada do mundo a ter uma missão tripulada no espaço, Elon Musk quer mais com a Space X: lançar turistas para a órbita terrestre ainda em 2021.

Batizada de Inspiration4, a missão será realizada com o foguete reutilizável Falcon 9 da SpaceX. O lançamento está previsto para acontecer no Centro Espacial Kennedy, na Flórida.

O comandante da missão com os “turistas” que farão a missão será Jared Isaacman, fundador e chefe da Shift4 Payments, que vai doar os três assentos ao lado do seu na cápsula Dragon para “indivíduos do público em geral, cuja identidade será anunciada nas próximas semanas”.

Para tentar ser um dos “felizardos” escolhidos para a missão, basta acessar o site Inspiration4.com.

Ele foi criado para que as pessoas possam se inscrever e competir por um lugar no sonho, mas é restrito a moradores dos Estados Unidos, com idade superior a 18 anos.

Musk pai

O empresário já teve 7 filhos e três divórcios.

Um dos filhos, fruto da primeira união, com Jennifer Wilson, morreu com 10 semanas de vida. Mas o bilionário teve outros 5 filhos com a mesma mulher. O último, com a cantora Grimes, nasceu em maio de 2020.

O CEO da Tesla queria batizar o caçula como X Æ A-12, mas, por conta de exigências do cartório de registros da Califórnia, foi batizado como X Æ A-Xii Musk.

De acordo com o bilionário, o significado do nome tem “sentido”.

X como a variável desconhecida (incógnita). Æ é AI, de inteligência artificial, em inglês, e que também pode ser interpretado como “amor”.

A-12 é o  precursor da aeronave é SR-71 – “a favorita” do casal.

Além disso, o A também representa a música “Archangel”, “minha canção favorita”, escreveu a mãe do bebê.

Questionado sobre a pronúncia, Grimes explicou que é falado o X, o A e o I. Algo como “Xai”.

Musk com o filho Foto: Reprodução

Leia também: Jeff Bezos, segundo mais rico do mundo, atrás de Musk, deixará cargo de CEO da Amazon