Magazine Luiza (MGLU3) é destaque da carteira da Elite em setembro

Fernando Augusto Lopes
Redator e editor
1

Crédito: Divulgação

A Elite Investimentos divulgou nesta terça-feira (1) suas carteiras de recomendações para ações, dividendos e small caps em setembro. Na de ações e de dividendos, nenhuma alteração. Na se small caps, apenas a entrada de Totvs (TOTS3) para a saída de Taesa (TAEE11).

Na de ações, destaque vai para Magazine Luiza (MGLU3), com grande performance em agosto, subindo 15,50%.

Tal desempenho salvou a carteira no mês, que acabou perdendo apenas 0,59%.

Conquiste sua Independência Financeira. Conheça os 4 Pilares para Investir

Assim, foi mais eficiente do que o Ibovespa, que teve perdas de 3,44%.

Os outros ativos são B3 (B3SA3), Weg (WEGE3), Banco do Brasil (BBAS3), Eztec (EZTC3), Itaú Unibanco (ITUB4), Lojas Renner (LREN3), Magazine Luiza (MGLU3), Petrobras (PETR4), Unidas (LCAM3) e Vale (VALE3).


Divulgação / Elite Investimentos

Dividendos

São dez ativos na carteira de dividendos da Elite.

Bradesco (BBDC4), BB Seguridade (BBSE3), Banrisul (BRSR6), Engie (EGIE3), Itaúsa (ITSA4), Klabin (SA:KLBN11), ISA CTEEP (TRPL4), TAESA (TAEE11), AES Tietê (TIET11) e Telefônica (VIVT4) são as recomendadas.

A carteira encerrou agosto com desvalorização de 2,18%.

Entretanto, o IDIV, índice que apura os dividendos, caiu 4,83% no período.

A Elite está otimista com relação ao segundo semestre, mesmo com a pandemia ainda bastante ativa e sem dar muitos sinais de arrefecimento.

É que há no horizonte uma já bastante palpável possibilidade de recuperação econômica.

Small caps da Elite

A única troca nas três carteiras da Elite foi na de small caps.

Entrou Totvs (TOTS3) e saiu Taesa (TAEE11), graças ao “sólido desempenho” da Totvs.

No mês de agosto, a carteira desvalorizou 1,30%.

Ficou, assim, bem próximo do índice das small caps, o SMLL, que caiu 1,23%.