Eletrobras (ELET6): BNDES espera levar elétrica ao mercado no início de 2022

Felipe Moreira
Editor na EuQueroInvestir, cobre temas que vão desde o mercado de ações ao ambiente econômico nacional e internacional.
1

Crédito: Divulgação/Eletrobras

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Gustavo Montezano, reafirmou hoje (11) a intenção do banco de fazer a oferta de ações que levará à privatização da Eletrobras (ELET6) no começo do ano que vem, conforme reportagem do Estadão.

A instituição de fomento coordena a estruturação da desestatização da elétrica.

“Estamos trabalhando para que, no começo do ano que vem, possamos trazer para mercado a oferta. Temos as dificuldades de qualquer privatização, mas estamos otimistas de que vamos chegar lá”, disse Montezano, em evento online da Empiricus.

O executivo também aproveitou para reafirmar os prazos previstos para a privatização do Correios, também esperada para o começo do próximo ano.

Segundo Montezano, não é função do banco publico de desenvolvimento ficar carregando R$ 120 bilhões em ações.