Eletrobras (ELET6) assina acordo de leniência firmado pela CGU e AGU e a Camargo Corrêa

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 7 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Foto: Eletrobras (ELET6)

A Eletrobras (ELET6) assinou o termo de adesão ao Acordo de Leniência, firmado pela Controladoria-Geral da União (CGU) e Advocacia Geral da União (AGU) com a Camargo Corrêa, para fins de ressarcimento, em relação a empreendimentos dos quais participa, direta ou indiretamente, por meio de suas controladas.

Os valores serão recebidos em 24 parcelas anuais a serem corrigidas pela SELIC. As empresas beneficiadas são Furnas, Eletronorte, Chesf e Eletrobras.

A Eletrobras e Chesf receberão R$ 28,8 milhões. Já Eletronorte receberá R$ 38,4 milhões e Furnas R$ 20,6 milhões.

BDRs| Confira os papéis disponíveis para Investimentos

De acordo com a Eletrobras, esta é uma oportunidade de fazer retornar à Eletrobras parte dos recursos a que a companhia tem direito, diante dos prejuízos causados pela construtora, decorrentes do esquema de corrupção desvendado pela Operação Lava Jato.

Track & Field (TFCO4): BC Gestão passa a deter 18,56% das ações

A Track & Field informou que a BC Gestão de Recursos em 26 de outubro de 2020, passou a deter 13.361.000 ações preferenciais,.

Isso corresponde a 18,56% das ações preferenciais emitidas pela companhia, ou 1,41% do capital social e 8,37% do valor econômico da empresa.