Eleições norte-americanas: terça-feira decisiva para os Democratas

Paulo Amaral
Jornalismo é meu sobrenome: 20 anos de estrada, com passagens por grandes veículos da mídia nacional: Portal R7, UOL Carros, HuffPost Brasil, Gazeta Esportiva.com, Agora São Paulo, PSN.com e Editora Escala, entre outros.
1

Crédito: Twitter

A terça (10) promete ser decisiva no duelo entre os Democratas Joe Biden e Bernie Sanders para ver quem enfrentará Donald Trump nas eleições norte-americanas para presidente da República.

Nada menos do que seis estados realizarão as prévias do partido nesta data e a expectativa é para ver se Bernie Sanders consegue equilibrar a disputa ou se Joe Biden vai disparar na frente.

Estão em jogo 352 delegados, distribuídos da seguinte forma: Dakota do Norte (14), Idaho (20), Michigan (125), Mississipi (36), Missouri (68) e Washington (89).

BDRs| Aprenda mais sobre essa classe de Ativos

Biden favorito

As pesquisas mais recentes apontam que o ex-vice-presidente Joe Biden é o grande favorito para encarar Donald Trump nas eleições norte-americanas.

Biden ganhou força após conseguir uma guinada histórica na Super Terça e a tendência, de acordo com as informações locais, é que consolide sua liderança após as prévias nestes seis estados.

Quem são os rivais?

Joe Biden e Bernie Sanders estão disputando palmo a palmo as preliminares dos Democratas para tentar enfrentar Donald Trump nas eleições americanas.

Reportagem publicada pelo site da BBC nesta quinta-feira (5) apresentou ao público as principais características de cada um dos candidatos.

Líder na corrida em número de delegados, com 433 até o momento, Biden tem como principal trunfo o fato de ser considerado “herdeiro” de Obama.

Sanders, por sua vez, tem baseado sua campanha no apelo ao eleitorado jovem – apesar de ser o candidato mais velho na corrida, com 78 anos.

Conheça Bernie Sanders e Joe Biden

Biden vence as primárias na Super Terça