Eduardo Bolsonaro viaja aos EUA nesta sexta para encontrar Trump

Filho do Presidente Jair Bolsonaro deve viajar à Washington nesta sexta feira com o Ministro das Relações Exteriores

Fabian Fávero
Eu Quero InvestirColaborador do
Eduardo Bolsonaro

Crédito: Reprodução/YouTube

Dando continuidade a ideia de estreitar relações com os Estados Unidos e agradecer o apoio americano em relação às queimadas na Amazônia, o Deputado Federal Eduardo Bolsonaro viajará nesta sexta (30) à Capital americana para se encontrar pessoalmente com Donald Trump.

A viagem de Eduardo Bolsonaro

O Presidente anunciou a ida do filho em cerimônia realizada nesta quinta-feira (29/08) no Palácio do Planalto. Neste evento foi lançado o programa “Em frente Brasil”, atrelado a pasta do Ministro Sérgio Moro. O atual deputado federal estará acompanhado do chanceler Ernesto Araújo, diplomata brasileiro e atual Ministro das Relações Exteriores, forte entusiasta da política externa de Trump e indicação de Olavo de Carvalho.

O motivo da ida aos EUA

Nas últimas semanas, o governo Bolsonaro foi alvo de críticas  relacionadas às queimadas ocorridas na Amazônia. O Presidente Emannuel Macron fez duras afirmações em relação a falta de atitude do poder executivo brasileiro frente aos prejuízos ambientais. Além disso, o Presidente francês afirmou “nossa casa está pegando fogo. Literalmente”, após considerar os incêndios uma crise internacional. Nesta linha, o francês afirmou que se nada fosse feito, seu país não ratificaria o acordo comercial envolvendo o Mercosul e a União Europeia.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Em reunião nesta semana do G-7 , grupo das sete maiores potências econômicas mundiais, o presidente americano defendeu abertamente o Brasil. Neste sentido, Bolsonaro afirmou fazer questão de agradecer pessoalmente a posição de Trump, e que o seu governo se aproximará cada vez mais de países que “servem de exemplo”.

A escolha do embaixador

O Deputado Federal Eduardo Bolsonaro foi o escolhido para a missão por ser presidente da Comissão de Relação Exteriores da Câmara dos Deputados. Quanto a hipótese de ser nomeado embaixador brasileiro nos Estados Unidos, já há a aceitação do governo americano. Agora, falta a chancela dos senadores brasileiros. Eduardo Bolsonaro ainda afirmou que a viagem não tem relação com a nomeação.

No entanto, questionado se a viagem objetivava melhorar o vínculo existente, Eduardo afirmou que a boa relação “já é notória”e, que os senadores já sabem disso. Entretanto, tramitam na casa legislativa duas Propostas de Emenda à Constituição (PEC) para impedirem a nomeação. O Presidente da casa, Davi Alcolumbre do Amapá, afirmou que só levará a indicação à votação quando houver a certeza de que os votos estão garantidos.

A reunião deve ocorrer às 14h desta sexta-feira (30/08) e, ela começou a ser combinada na semana passada, quando o presidente americano ligou a Bolsonaro para oferecer ajuda em relação às queimadas. Os brasileiros devem retornar ao Brasil ainda na sexta-feira, porém, na semana seguinte voltam aos Estados Unidos para evento com o secretário do Departamento de Estado, Mike Pompeo.

No evento desta quinta-feira (29/08), o Deputado Federal Eduardo Bolsonaro afirmou que quer agradecer ao Presidente Donald Trump por fazer com que o pêndulo na reunião do G-7 balançasse para o lado brasileiro. Ademais, a reunião é mais um passo indicando a boa relação que vem sendo construída entre os dois países, principalmente nos setores econômicos, políticos e externos.

Conhece o nosso canal no YouTube? Clique e se inscreva