EDP (ENBR3) paga dividendos; Randon (RAPT4) aumenta capital

Regiane Medeiros
Economista formada pela UFSC. Produz conteúdo na área de mercado de capitais, finanças pessoais e atualidades.
1

A EDP (ENBR3) comunicou aos titulares de debêntures, referentes à 4ª emissão, que efetuará o pagamento de principal e juros, no dia 15 de setembro de 2020.

Desse modo, sob o código ENBR24 será pago o principal com preço unitário de R$ 408,81177140, acrescido de R$ 33,33904394 de juros.

Já sobre a debênture de código ENBR34, será pago juros de R$ 49,64385501.

Como resultado, a companhia efetuará o pagamento do montante global de R$ 81,92 milhões.

As debêntures serão negociadas “ex-juros” a partir de 15 de setembro de 2020, inclusive.

Randon (RAPT4): aprova aumento de capital e aquisição da Fundituba Indústria Metalúrgica

O Conselho de administração da Randon (RAPT4) aprovou, na segunda-feira, 14, o aumento do capital de sua controlada RVC Venture.

Segundo o comunicado, o aumento foi no valor de R$ 12 milhões, integralizado em dinheiro, em parcela única.

“Tal investimento tem por objetivo dar continuidade aos investimentos em startups, na busca de soluções digitais, desenvolvendo iniciativas de inovação, prospecção de novos negócios e criação de novas soluções, que atendam aos clientes e atuais negócios das Empresas Randon”, informou a companhia.

Além disso, os conselheiros autorizaram a diretoria a realizar capitalizações anuais de até 30% do Ebitda de serviços, durante de 5 anos.

Na mesma sessão, o Conselho aprovou ainda a aquisição, por intermédio da controlada Castertech Fundição e Tecnologia, da totalidade das quotas da sociedade Fundituba Indústria Metalúrgica.

A transação foi negociada pelo valor de R$ 5,4 milhões.

De acordo com a Randon, a concretização do negócio ocorrerá após o cumprimento das condições precedentes. Incluindo a aprovação pelo Conselho Administrativo De Defesa Econômica (CADE).

A companhia informou ainda que o objetivo da aquisição é ampliar a capacidade e flexibilidade de produção de peças fundidas pela Castertech. Além de buscar aprimorar o processo de logística, com a implementação de uma unidade de negócios no Estado de São Paulo.